em ,

Cinema é prioridade de entretenimento dos jovens brasileiros pós-quarentena, diz pesquisa

Com mais de quatro meses com os cinemas interditados aqui no Brasil, muita gente já está com saudade de curtir um filminho nas salas de cinema. A saudade é tanta que o Cinema virou prioridade de entretenimento para muitos jovens brasileiros após o final da quarentena.

Realizada pelo movimento #JuntosPeloCinema por meio da empresa Vibezz, a pesquisa mostrou que 75% dos entrevistados, entre 16 e 24 anos, voltarão às salas de exibição assim que for seguro.

Ainda entre os jovens, 80% deles afirmaram que pretendem manter a mesma frequência de ida aos cinemas, ou até mesmo aumentá-la, em comparação com antes da pandemia. O segundo lugar ficou com passeios ao ar livre, com 35%.

A pesquisa foi feita online e contou com mais de 27 mil pessoas, com idades entre 16 e 65 anos. A amostra contou com todas as regiões do país com cidadãos de rendas de menos de R$ 800 até mais de R$ 15 mil por mês.

Entre os que escolheram o cinema como prioridade, a média da renda é de até R$ 2.165,00 mensais e consideram que assistir a filmes é algo mais econômico do que outras maneiras de entretenimento, como shows e peças de teatro.

Entre os entrevistados pelo estudo, 70% pretende voltar a frequentar as salas de cinema logo no primeiro mês de reabertura das salas se atentando às normas de segurança. Até o momento, poucos países no mundo inteiro conseguiram reabrir os cinemas neste cenário de pandemia.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

[Vídeo] Ainda vale a pena jogar Resident Evil (1996)?

[Vídeo] | Entenda o legado do Toriyama em Dragon Ball