em , ,

Cinemark é contra diminuição de tempo entre estreia no cinema e no streaming

Uma das decisões mais polêmicas do universo do entretenimento em 2020 foi a Universal afirmar que agora seus lançamentos chegarão às plataformas digitais em questão de poucos dias da sua estreia nos cinemas.

A AMC firmou um acordo com o estúdio e agora está favorável à decisão, mas a gigante Cinemark se posicionou contra a medida.

Segundo informações do Deadline, o CEO da Cinemark, Mark Zoradi, afirmou que a medida não será implementada pela rede de cinemas.

Para ele, as produções podem ser prejudicadas caso elas rapidamente passem a ser exibidas de maneira digital. “Uma janela de exibição mais agressiva e encurtada pode ter um impacto adverso na vida de um filme”, afirma.

Ele confirmou que até agora só a Universal resolveu se posicionar dessa forma. Outros estúdios analisam o caso para evitar prejuízo de adiamentos como os que ocorreram em 2020 por causa da pandemia.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Sony revela que PlayStation 4 já vendeu 112,3 milhões de unidades

Disney Plus será lançado na América Latina em novembro