Após a exibição de “Através da Sombra”, houve um debate com a equipe do filme. Estava presente o diretor Walter Lima Jr., a produtora Maria Dulce Saldanha, as atrizes Ana Lúcia Torre, Virginia Cavendish e o ator Xande Valois. O debate durou mais ou menos durante uma hora e meia e quem mais falou foi o veterano diretor. Disse das dificuldades ao adaptar um texto que se passa na Inglaterra vitoriana para o Brasil, durante a crise do café. Que amava o texto original de Henry James, que era um texto sobre ambiguidade e atmosfera, tanto que negou dizendo que o filme não era de terror, mas sim um filme de atmosfera.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Um ponto muito importante que Walter deixou bem claro foi que mesmo que dizem que agora ele está fazendo filmes mais clássicos e menos experimentais, ele faz os filmes que ele quer fazer e que sempre foi um diretor mais clássico. Aos 77 anos, Walter Lima Jr. Mostra ser uma pessoa muito inteligente e com uma ótima retórica.

Quanto aos atores, falaram muito das ambiguidades vistas em seus personagens. O jovem Xande Valois mostrou ser muito articulado e inteligente para sua pouca idade, enquanto a veterana Ana Lúcia Torre foi a que melhore defendeu a sua personagem enquanto deixou claro que fez o longa só por saber que era dirigido por Walter Lima Jr. Com quem já havia trabalhado antes.

A produtora Maria Dulce Saldanha falou um pouco sobre as dificuldades da produção, que no começo seria em Pernambuco e foi mudado por questão de orçamento para o interior do Rio de Janeiro. Que a casa era daquele jeito mesmo, que poucas coisas foram mudadas pela equipe de Clóvis Bueno. Aliás, foi lembrada a participação de Clóvis em uma cena do longa o qual Walter disse: “Ele tinha um ator dentro dele que ninguém conheceu”. Além do diretor de arte, o diretor de fotografia, Pedro Farkas, também faz uma ponta na mesma cena. Clóvis Bueno morreu um ano depois do final das filmagens e a equipe se lembrou dele.

Outra perda que foi sentida durante a coletiva foi a do ator Domingos Montagner, afogado durante as gravações da novela “Velho Chico”. A palavra que Walter e o resto do elenco utilizaram para lembrar o ator foi: “generoso”. O diretor contou que Domingos quis participar do filme sem ler roteiro, na primeira conversa ele topou participar do projeto.

A conversa foi boa, graças a boa retória de Walter Lima Jr. E o elenco do filme.

Comente!