em ,

Companhia planeja mandar mulher grávida para o Espaço a fim de conquistar o primeiro nascimento extraterrestre

Uma start-up localizada nos Países Baixos, a SpaceLife Origin, quer enviar uma mulher grávida para 250 milhas acima da atmosfera terrestre, para dar luz ao primeiro ser humano extraterrestre da História, em nome da ciência.

Caso nosso planeta se torne insustetentável para o desenvolvimento da vida, nossa espécie só pode nutrir esperanças de deixá-lo e procurar outro lugar para se instalar, seja num receptáculo espacial ou em outro planeta. Mas para que este êxodo encontre sucesso, é necessário aprender a reproduzir no espaço – e foi assim que a companhia em questão resolveu testar o experimento.

Ainda sem alguém em mente, visto que o lançamento está previsto para 2024, a SpaceLife deseja que a “cobaia” em questão entre em trabalho de parto nas condições de gravidade zero. Parece ser uma ideia bizarra, visto que a humanidade ainda está bem longe se de tornar apta a viver lá fora.

De acordo com Egbert Edelbroek, um dos executivos da empresa alemã, aprender a ter filhos é uma política de seguro para nossa raça. Mesmo se descobrimos ou construirmos um espaço habitável fora da Terra, é necessário aprender a perpetuar nossa espécia em condições às quais não estamos acostumados.

Edelbroek também diz que já teve reuniões com diversas companhias de voos espaciais dispostas a transportar o time 250 milhas (aproximadamente quatrocentos quilômetros), e com nomes bastante abastados também dispostos a financiar o projeto.

Ele também já entrou em acordos com mulheres para que se tornem as primeiras a parir no espaço. Entretanto, caso a companhia encontre uma voluntária, um foguete comercial e o dinheiro necessário, a missão pode ser um desastre logístico, devido à proteção da mãe e do bebê – fatores que mais preocupam os cientistas. Afinal, ninguém pode ter ideia de quais consequências a gravidade zero pode ter no feto.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Thiago Nolla

Thiago Nolla faz um pouco de tudo: é ator, escritor, dançarino e faz audiovisual por ter uma paixão indescritível pela arte. É um inveterado fã de contos de fadas e histórias de suspense e tem como maiores inspirações a estética expressionista de Fritz Lang e a narrativa dinâmica de Aaron Sorkin. Um de seus maiores sonhos é interpretar o Gênio da Lâmpada de Aladdin no musical da Broadway.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Capitã Marvel | Diretores comparam filme a ‘Máquina Mortífera’

Overwatch | Game terá outro personagem LGBT