em ,

Confira os melhores momentos do Globo de Ouro 2020

Finalmente aconteceu ontem, dia 5, a cerimônia de premiação do Globo de Ouro 2020 em Los Angeles.

Entre as diversas premiações dos destaques do Cinema e da Televisão, alguns momentos descontraídos ajudaram a manter a audiência interessada até a conclusão do evento. 

Começando em alto estilo, houve o monólogo de Ricky Gervais, apresentando o Globo de Ouro pela quinta e última vez. Entre diversas provocações, citou a discussão entre Martin Scorsese e os longas da Marvel (Gervais disse: “Não sei como o Scorsese falou que filmes da Marvel são como parques de diversão, porque ele não é alto o suficiente para ir aos brinquedos”). Fora isso, ainda revelou que a vida de celebridade hollywoodiana não conferem o menor espaço de fala sobre tragédias e misérias constantes que ocorrem mundialmente. 

Ausente na premiação por conta dos incêndios florestais na Austrália, Russell Crowe agradeceu seu prêmio por Melhor Ator por Minissérie ou Filme para a TV por The Loudest Voice. Em seu discurso, dito por Jennifer Aniston, o ator disse: “Não se enganem, a tragédia que tem assolado a Austrália é motivada por alterações climáticas. Precisamos agir baseados na ciência, mover nossa força global de energia renovável e respeitar nosso planeta, este lugar único e maravilhoso. Só assim, teremos um futuro.”

Tom Hanks marcou sua presença como o grande homenageado da noite, claramente emocionado por receber o prêmio Cecil B. DeMille. Em seu discurso, Hanks se emocionou, principalmente no momento em que falou sobre a família: “Eu não consigo descrever o quanto seu amor significa para mim”, falou para a esposa, Rita Wilson. Ele também agradeceu os diretores com quem trabalhou ao longo dos anos e afirmou que nunca teve problema com nenhum deles.

Com Bong Joon-Hoo, o discurso foi de inclusão. Pedindo que as pessoas percam o medo das legendas para que consigam assistir arte de diversos outros países. O cineasta nem tentou falar inglês e fez todo o seu discurso de agradecimento em coreano, que foi traduzido por uma tradutora que estava ao seu lado. Joon-ho agradeceu à equipe do longa e também mando um recado aos norte-americanos: “Quando a gente superar as barreiras de legendas, vocês vão conhecer muitos filmes incríveis”.

O que você achou desta publicação?

Redação Bastidores

Publicado por Redação Bastidores

Perfil oficial da redação do site.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Fã faz versão de trailer de The Witcher com inspiração nos anos 90; confira!

Parasita, 1917 e Coringa estão entre os indicados ao prêmio de melhor roteiro de Hollywood