Quem assistiu ao filme Bohemian Rhapsody ficou de boca aberta, não apenas com a interpretação espetacular de Rami Malek como Freddie Mercury, mas também com sua performance musical no longa, principalmente na cena final em que o Queen toca no Live Aid.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

O que se ouviu na produção não foi apenas a voz de Malek. Usaram a tecnologia para mesclar a voz do ator com a de Freddie Mercury, mas não apenas a voz dos dois, há um terceiro elemento nessa história.

Trata-se de Marc Martel, cantor canadense, que tem uma voz impressionantemente parecida com a de Mercury. Essa junção de vozes foi feita para que a recriação da voz de Freddie fosse a mais próxima possível ao do vocalista do Queen. Segundo foi noticiado pela revista Rolling Stone as músicas foram feitas usando a voz de Marc Martel junto com algumas fitas do Queen cantadas por Freddie.

Ainda na mesma entrevista à Rolling Stone, Rami Malek diz ter usado um treinador para que ficasse com um sotaque muito parecido com a de Freddie Mercury, isso ainda tendo que usar dentes postiços para que ficasse parecido com os dentes do cantor. O trabalhado de recriação da voz do grande vocalista do Queen, portanto, é uma mescla entre três vozes (Mercury, Marc Martel e Rami Malek). Foi assim que se recriou a voz impressionante que se acompanha no filme.

Confira no vídeo abaixo a performance de Marc Martel ao cantar Bohemian Rhapsody:

Comente!