Segundo fontes, a mais nova série documental da NetflixConversando com um Serial Killer: Ted Bundy pode ter tido inspiração em um famoso livro adaptado para os cinemas e que hoje se consagra como uma das joias do cinema contemporâneo.

Ted Bundy assassinou mais de 30 mulheres na década de 1973 e seus métodos se assemelham muitos aos utilizados por Buffalo Bill em O Silêncio dos Inocentes, romance ficcional assinado por Thomas Harris.

Para enganar suas vítimas em potencial, Bundy utilizava estrategemas que envolviam armadilhas, como simulações de lesão ou panes em seu carro. Assim que ganhava sua confiança, levava as mulheres para o veículo e a atingia pelas costas, matando-as logo depois.

Ainda que não tenha se tornado público, Harris esteve no julgamento de Bundy e que, em 1981, o serial killer recebeu uma cópia de Dragão Vermelho, o qual introduz o personagem Hannibal Lecter, interpretado por Anthony Hopkins nos cinemas.

O escritor também se inspirou em Bill, vivido por Ted Levine nas telonas, cujo personagem escondia as vítimas em um porão para depois se alimentar delas.

A série documental já está disponível no serviço de streaming.

Comente!