em ,

Damares Alves quer proibir filme da Netflix acusado de sexualizar crianças

Mais um capítulo para a polêmica envolvendo Lindinhas, filme da Netflix lançado há uma semana que coleciona reações fortes do público. Agora a discussão está no Brasil. Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, afirmou hoje no Twitter que está estudando medidas contra “Lindinhas” (“Cuties”, em inglês).

Em resposta a um seguidor, ela afirmou: “Não vamos ficar de braços cruzados. Deixa comigo”. A ministra também compartilhou uma notícia que ela já acionou os assessores jurídicos do governo para impedir a exibição da obra na Netflix Brasil.

O longa já foi removido na Turquia. A Netflix enfrenta muitas campanhas que incentivam a censura contra o filme.

Em vídeo promocional, a diretora Maïmouna Doucouré explica que o filme é justamente uma crítica à sexualização de crianças em nome de uma suposta liberdade sexual: “Eu conversei com centenas de pré-adolescentes para entender como elas se relacionavam com sua feminilidade hoje em dia. Essas garotas veem que, quanto mais a mulher é sexualizada nas redes sociais, mais bem-sucedida ela é. E sim, isso é perigoso.”

Embora o filme traga uma discussão muito necessária sobre os efeitos da cultura de massa no psicológico infantil, Doucoré escolhe abordagens estéticas polêmicas ao trazer planos muito próximos das protagonistas enquanto elas realizam danças sexualizadas.

O filme está disponível na Netflix.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

The Mandalorian | Confira o primeiro trailer oficial e pôster da segunda temporada

Steven Spielberg pediu que desenho de Jurassic World não fosse infantil