A produção brasileira Democracia em Vertigem foi indicada ao Oscar pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, na categoria de Melhor Documentário nesta segunda-feira (13) em anúncio feito dos concorrentes ao prêmio.

A diretora Petra Costa usou as redes sociais para comemorar tal fato e escreveu um texto comentando a nomeação.

“Estamos absolutamente emocionados e extasiados por nossos colegas terem reconhecido a urgência deste filme, e honrados por estarmos na companhia de documentários tão importantes. Numa época em que a extrema direita está se espalhando como uma epidemia, esperamos que esse filme possa nos ajudar a entender como é crucial proteger nossas democracias”, escreveu a diretora do documentário.”

A diretora, que também escreveu uma parte do texto em inglês, continuou: “Está se tornando cada vez mais evidente o quanto o pessoal é político para tantos ao redor do mundo, e acredito que é por meio de histórias, linguagem e documentários que as civilizações começam a se curar.”

Petra Costa pode ser a única brasileira a trazer o Osca neste ano. O diretor Fernando Meirelles conseguiu três indicações com Dois Papas, mas não está na lista dos indicados da categoria de Melhor Diretor. Confira o post da diretora abaixo. 

Democracia em Vertigem está disponível na Netflix.