O diretor Todd Phillips, responsável por Coringa estrelando Joaquin Phoenix, comentou a possibilidade de uma sequência da obra já que mesmo antes de estrear foi aclamada no Festival de Veneza e também no de Toronto.

Em uma nova entrevista, o cineasta esclareceu a questão e confirmou que Coringa foi feito para ser apenas um filme, sem planos para uma continuação:

“Eu falei ‘Eu farei qualquer coisa que Joaquin quiser’. E eu realmente faria. Mas o filme não foi configurado para ter uma sequência. Nós sempre apresentamos ele como um filme isolado, e é isso. Não temos planos para uma sequência. Ele existe em seu próprio mundo, é isso. Não se trata de construção de mundo, não se trata de outras versões, esta é a nossa versão da história de origem. Foi isso que eu quis dizer.”

Logo, a especulação sobre o selo DC Black nos cinemas se confirma. A proposta é trazer filmes tematicamente mais pesados e independentes, sem a ideia original de continuar as histórias com sequências.

Coringa estreia em 3 de outubro nos cinemas.