O Exorcista é um filme clássico do gênero de terror que influenciou inúmeras produções ao longo do tempo. Na época de seu lançamento a produção ousou bastante com sua trama original sobre a luta do bem e do mal.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Filme foi lançado quatro anos após a estreia da primeira versão, no ano de 1977, e logo foi detonado pelo público e pela crítica.

William Friedkin, diretor primeiro filme, deu uma entrevista ao podcast The Movies That Made Me, e nele comentou a respeito da sequência do clássico de terror.

O diretor disse ao podcast que acabou assistindo a uma parte do filme por coincidência. “Eu assisti a esse filme por coincidência. Estava trabalhando em um dos meus filmes em um laboratório de colorização, e um dos técnicos me disse que estava terminando O Exorcista 2, e perguntou se eu queria ver um pedaço.”

Friedkin aceitou o convite e não gostou nada do que viu. “Eu devo ter visto 40 minutos, ou algo assim. É o pior pedaço de merda que eu já vi. É a porra de uma desgraça”, disse o cineasta.

Por si só, O Exorcista é uma marca bastante lucrativa, e mesmo com o segundo filme sendo muito rejeitado acabou recebendo novas releituras ao longo do tempo, como O Exorcista 3 (William Peter Blatty) e Exorcista: O Início (Renny Harlin), e depois recebeu ainda uma série de mesmo nome do original e que teve apenas duas temporadas antes de ser cancelado.

Comente!