em ,

Diretora comenta possibilidade de Mulher-Maravilha 1984 lançar direto no streaming

Após a Disney mudar muitas regras do jogo ao lançar Mulan em setembro em seu streaming Disney+ por um preço adicional, alguns estúdios estão tentados a replicar o experimento.

Um deles é a Warner que lançou Tenet de forma tradicional nos EUA conquistando uma bilheteria de 300 milhões de dólares em meio a pandemia. Uma marca impressionante, mas que ficou abaixo das expectativas originais.

Agora, um dos únicos filmes ainda mantidos para o final do ano, Mulher-Maravilha 1984, é estudado para ser lançado direto no streaming já que os cinemas ainda estão reabrindo gradualmente no mundo inteiro.

Em entrevista para a Reuters, a diretora Patty Jenkins admitiu que há chance disso ocorrer e que tema que seja o final dos cinemas para sempre.

“Se seguir por esse caminho, acho que não é algo que pode ser revertido. Nós podemos perder a experiência de ir ao cinema para sempre. Pode se tornar uma situação parecida com a indústria da música, onde você destruiria tudo por julgar que não é lucrativo o suficiente.”

“Não acho que as pessoas querem viver em um mundo onde a única opção de assistir um filme com a família é na sua própria sala de estar. Ou então não existir mais um lugar para ir com sua esposa, seu marido, namorada ou namorado.”

O filme segue previsto para dezembro deste ano.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Maisie Williams esperava final diferente para Arya em Game of Thrones

[Vídeo] Resident Evil 3 | Análise do jogo