em , , ,

Disney anuncia mudanças com prioridades para streaming e reorganização empresarial

A Disney vai sofrer uma nova reestruturação após a saída do CEO Bob Iger. Agora, os planos da empresa multibilionária se concentrarão bastante em seus serviços de streaming como a Disney+.

A mudança foi revelada em um comunicado do novo CEO Bob Chapek. Ressaltando o sucesso do Disney+, ele afirmou que a novidade leva em conta as preferências dos consumidores:

Gerenciar a criação de conteúdo de forma distinta da distribuição vai nos permitir ser mais efetivos e ágeis para fazer o conteúdo que os consumidores mais querem, entregando-o da maneira que eles preferem consumi-lo.

As produções da empresa serão separadas em três grandes categorias: estúdios, entretenimento em geral e esportes. Além disso, haverá uma nova categoria para cuidar da distribuição de tudo isso.

Os estúdios da empresa, como Walt Disney, Marvel, Lucasfilm, Pixar, 20th Century e Searchlight criarão conteúdos para estreia em cinema, para o Disney+ e também para o Hulu, liderados por Alan Horn e Alan Bergman.

As mudanças entram em vigor imediatamente e devem refletir mais decisões comerciais no começo do ano fiscal de 2021 – por volta de abril do ano que vem.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Homem-Aranha 3 | Tobey Maguire e Andrew Garfield irão voltar para a Marvel, aponta site

Atriz diz que Matrix 4 será revolucionário