Segundo informações do site Radar Online, Brad Pitt irá desembolsar uma grande quantia relacionada ao divórcio com sua ex-esposa Angelina Jolie. O montante corresponde a metade da fortuna do ator e será no valor de 100 milhões de dólares, algo em torno de 390 milhões de reais.

Esse valor irá servir para custear todas as despesas de seus filhos até que completem uma idade que vai além da maioridade, no caso 21 anos de idade. Dentro desse montante já está inserido o valor cobrado para a pensão alimentícia, segurança, educação, entre outras futuras despesas dos filhos.

Segundo uma fonte ouvida pelo site, Brad Pitt lutou contra o valor pedido e por isso demorou tanto para esse acordo sair “Brad tentou lutar contra esse acordo e se defender sozinho, mas não pôde fazer nada para evitar que Angie ficasse com metade de tudo o que ele tem”, disse a fonte ao site.

O processo de divórcio já ocorre há algum tempo, e depois de alguns encontros ficou definida a situação da custódia dos seis filhos do casal. “Ele conseguiu suas crianças de volta, mas ele está vendo isso de uma maneira muito diferente que vai mexer com o seu bolso até que ele fique velho”, completou a mesma fonte.