em , ,

Ennio Morricone nega que xingou Tarantino e ameaça processar Playboy

Em menos de 24 horas tivemos uma das reviravoltas mais absolutas do mundo do entretenimento. Ontem publicamos uma notícia na qual afirmávamos através da Playboy Alemanha via Variety que o incrível compositor Ennio Morricone xingou arduamente o diretor Quentin Tarantino com quem trabalhou em Os Oito Odiados Django Livre tendo até conquistado o primeiro Oscar de sua vida por conta da parceria.

Porém, hoje, o compositor veio também através da Variety para negar toda a história, além de anunciar que irá processar a Playboy Alemanha. 

Isso é totalmente falso. Nunca dei uma entrevista para Playboy da Alemanha e jamais expressei nenhum comentário negativo sobre a Academia, Quentin ou seus filmes, que com certeza não considero um lixo. Entrei em contato com meu advogado na Itália e vou entrar com uma ação civil e penal [contra a revista]”, afirmou.

O que pode ter acontecido é que o compositor talvez tenha afirmado as opiniões em off não permitindo publicá-las na entrevista oficial. Aguardaremos por novidades.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Godzilla Vs. Kong | Shun Oguri é confirmado no elenco do longa

Youtuber que matou feministas em Red Dead Redemption 2, agora leva NPC negro para a KKK