Onze escolas na província chinesa de Guizhou introduziram microchips em seus uniformes que permitem rastrear e monitoras seus alunos até mesmo para além do perímetro da escola.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Desenvolvidos pela companhia local Guizhou Guanyu Tehnology, os uniformes inteligentes trazem dois microchips embutidos nas ombreiras das vestes, permitindo que tanto a escola quanto os pais possam monitorar as atividades dos infantes a qualquer momento.

Um sistema de GPS rastreia seus movimentos e um alarme informa aos professores, por exemplo, o momento em que um estudante deixa a sala de aula ou a escola sem permissão, ou até mesmo adormece durante as aulas. Os uniformes também permitem monitorar suas compras na escola e tem a possibilidade de criar um limite de gasto através de um app de celular.

Em uma declaração pública feita pelo site Weibo, a companhia disse que os uniformes de alta-tecnologia “focam em questões de segurança” e proporcionam “um método de gerenciamento melhor” que beneficias todas as partes – estudantes, professores e pais.

Entretanto, as notícias dos uniformes geraram algumas críticas pelo público em geral. “As crianças não têm mais direitos, nem privacidade?”, um dos leitores do site perguntou.

“Se você fosse uma criança, gostaria de ser monitorada 24 horas por dia?”, outra pessoa comentou.

Os criadores dos uniformes inteligentes responderam às críticas dizendo que a companhia “respeita e protege os direitos humanos” e que “o uniforme não rastreia os movimentos dos alunos o tempo todo”.

Comente!