A Bethesda começou a banir jogadores de seu game online Fallout 76. Um dos primeiros casos aconteceu com um grupo de jogadores após terem cometido um ataque homofóbico a outros jogadores que haviam apenas elogiado a skin deles. 

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Quem denunciou o caso foi o gamer AJpls através do Twitter, que foi um dos alvos das ofensas. Segundo ele, tudo seguia normal até um gamer chamado NathanTheHicc começar a interagir com o grupo. 

No começo, tudo foi amigável, com conversas e trocas de itens, até um dos amigos de AJ elogiar a skin de roupa de Nathan. Na hora as ofensas começaram: “Eu não mexo com essas m*rdas gays”.

Sumindo depois de ofender os outros jogadores, Nathan retorna momentos mais tarde com outros jogadores que então começaram um festival de baixarias: “nós viemos eliminar todos os gays”“vamos descontaminar a AIDS”“estamos limpando os gays de Wasteland” e “antigamente a gente mataria pessoas como vocês”.

Não demorou muito para o grupo agressor abrir fogo contra AJ e seus amigos, mas como Fallout 76 o PVP só é aberto se as duas partes se agredirem, nenhum dano foi recebido. AJ tolerou o grupo pacientemente até que eles se entediassem e fossem embora. Antes de irem, debocharam ao dizer que “esse é o grupo de gays mais fortes que já vimos.”.

Veja algumas partes da confusão abaixo:

No começo, a Bethesda decidiu banir Nathan e os outros por apenas 3 dias, mas logo depois os baniu permanentemente ao analisar o caso com mais cuidado. No fim, o agressor entrou em contato com a Eurogamer, fonte da matéria, para esclarecer que tudo foi uma brincadeira imatura.

Comente!