A Vida Invisível de Eurídice Gusmão, de Karim Aïnouz, recebeu o tão almejado prêmio de melhor filme na mostra Um Certo Olhar, que faz parte do Festival de Cannes.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Essa é uma conquista bastante comemorada por Karim e pelo cinema brasileiro recente. O diretor em seu discurso dedicou a premiação a atriz Fernanda Montenegro, e a todas as mulheres do mundo. “Que o futuro seja melhor do que o presente”, terminou o diretor.

Longa foi inspirado no livro de Martha Batalha e conta a história de duas irmãs quese separa e acabam por viver vidas distintas e no caminho de suas vidas sofrem com o machismo. Produção tem previsão de estrear no fim do ano no Brasil.

Comente!