em

Game religioso do tipo Pokémon Go permite jogador capturar santos e personagens bíblicos

O sucesso que a Niantic e a Nintendo provocaram uma verdadeira revolução no mercado de games mobile quando lançaram o viciante Pokémon Go. Obviamente que tudo o que é sucesso, acaba gerando uma onda de tendência. 

Franquias como Jurassic Park Harry Potter já embarcaram na onda do joguinho de realidade virtual, porém é bastante bizarro ver que uma desenvolvedora de jogos católicos ter arriscado o game do tipo. 

O nome do game é Follow JC Go! e nele, obviamente, o jogador não lançará pokébolas para capturar pikachus e afins, mas explorará os arredores para encontrar santos e outras figuras importantes bíblicas. 

O game foi desenvolvido pela Fundación Ramón Pané, um estúdio católico com escritórios em Miami e Honduras. O intuito do game é ajudar no processo de evangelização de alguns jovens que tenham curiosidade em conhecer esses personagens sem ter que recorrer a leitura mais burocrática da Bíblia. 

O processo de captura e combate é bastante diferente no caso de Follow JC Go!. Ao encontrar um personagem, o jogador terá que responder a perguntas filosóficas e éticas para adicionar o santo em sua coleção, além de outras envolvendo um esquema de “verdadeiro ou falso” sobre a vida do personagem. As tradicionais “poképaradas” são substituídas por igrejas e hospitais nos quais o jogador é encorajado a rezar pelos outros. O jogo também conta com um sistema de microtransações focado em doações para instituições de caridade para receber as moedas virtuais do game.

Segundo a desenvolvedora, o Vaticano não financiou o jogo, mas receberam a notícia de que o Papa Francisco é um fã declarado do game. Lançado em 19 de outubro desse ano, o app não caiu muito nas graças dos usuários, conquistando uma avaliação de 3,2 no Google Play.

O que você achou desta publicação?

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Homem sobe montanha de mais de 2 quilômetros de altura e encontra gato doméstico descansando no topo

CD Projekt quer lançar Cyberpunk 2077 “tão refinado quanto Red Dead Redemption 2”