Google+ foi um aplicativo criado pela companhia homônima que insurgiu como uma rede social, permitindo que diversos conhecidos se juntassem em grupos e compartilhassem informações.

Entretanto, a Google anunciou que essa rede não vai mais existir a partir de abril deste ano, devido, em outros problemas, obstáculos enfrentados na segurança, incluindo vulnerabilidade. Segundo um estudo recente, dados de mais de 50 milhões de usuários foram vazados sem autorização prévia.

De qualquer forma, a plataforma não irá deixar de existir de uma hora para outra, mas sim gradativamente. O desligamento total ocorre no dia 02 de abril, mas já no dia 04 de fevereiro, nenhum perfil a mais poderá ser criado. Na semanas seguintes, todos os outros mecanismos serão desabilitados.

Criado em 2011, todos os dados do Google+ serão deletados, mas os usuários ainda poderão fazer downloads de seus posts.