No dia 12 de dezembro, Drew Marr tentou contatar seu pai, mas as ligações davam direto na caixa postal. Depois de ficar preocupado, foi até a casa de T. Scott Marr e o encontrou inconsciente na cama. Às pressas, uma ambulância foi chamada e ele foi levado ao Hospital Metodista, em Omaha, Nebraska, onde foi diagnosticado com AVC.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

T. Scott foi locutor de basquete e poderia já estar próximo do fim, visto que a prospecção dos médicos era bastante pessimista. Durante os vários dias que permaneceu internado, um inchaço cerebral apareceu, agravando o caso. Um neurocirurgião próximo da família declarou que a possibilidade de recuperação era quase nula.

Sendo assim, a família Marr começou a preparar os arranjos para o funeral – uma cerimônia de cremação -, bem como a papelada para doar os órgãos. Logo depois de escolherem um dia para se despedir, Scott resolveu sair de seu coma logo depois dos aparelhos respiratórios serem desligados, mantendo as funções por conta própria.

“Quando chegamos no hospital, nós nunca tínhamos visto algo assim em toda nossa vida”, disse sua filha em um texto criado para o site crowdfunding para os gastos médicos.

T. Scott ficou conhecido como o “homem do milagre” após o incrível incidente. Ele agora passa bem e gradativamente recupera suas funções motoras.

Comente!