em ,

Independentes, guerreiras e empoderadas: 5 filmes inspiradores para mulheres

As mulheres precisaram lutar por décadas para ter seus direitos mais básicos reconhecidos – votar, ter voz e propriedade, decidir o que fazer com com suas vidas – e ainda hoje precisam lutar diariamente por muitas outras coisas.

Na indústria do cinema não foi diferente. Sendo essa mais uma indústria historicamente dominada pelos homens, as mulheres costumavam ser retratadas de forma rasa, servindo apenas para o desenvolvimento de personagens masculinos ou para o papel de mocinha, cujo único objetivo é conquistar um personagem masculino.

Ainda bem que essa realidade está mudando e cada vez mais mulheres estão alcançando posições de destaque em Hollywood. Embora ainda exista um bom caminho a percorrer – apenas cinco mulheres foram indicadas ao Oscar de Melhor Diretor em quase 100 anos, por exemplo – já há muitas mulheres produzindo e representando filmes inspiradores, com roteiros dignos e personagens femininas fortes.

A maioria dos filmes já estão disponíveis em plataformas de streamings como Netlix, Amazon e o Now o app da Claro.

Saiba mais sobre planos de celular que disponibilizam esse tipo de serviço.

Por isso, nesse mês de março – em que temos o Dia da Mulher, data símbolo da luta pelos direitos femininos – aproveitamos para lembrar algumas obras que retratam mulheres incríveis, nas quais você pode se inspirar.

Confira:

1. Estrelas Além do Tempo

Baseado em uma história real, o filme retrata os bastidores da Corrida Espacial nos anos 60, e mostra três cientistas negras que foram essenciais para a NASA. Em uma sociedade segregada não apenas pelo sexo, mas também pela raça, elas precisam trabalhar muito para provar seu valor.

Por que é inspirador? Traz o viés das mulheres negras, tão importante para o feminismo.

Onde assistir: YouTube (pago),  Apple TV.

2. Capitã Marvel (Captain Marvel)

Por décadas, as mulheres apareciam nos filmes de super-herói apenas no papel de mocinhas em perigo. Com Carol Danvers (Brie Larson), a Capitã Marvel, a história é diferente: ela luta com quem se colocar no seu caminho e toma as rédeas na busca pela verdade, em sua própria história. Quando ela recebe ajuda, é de outra amiga mulher.

Por que é inspirador? A Capitã Marvel é piloto, lutadora e independente. Além disso, sua amizade com outra piloto, Maria, é muito interessante.

Onde assistir: Amazon Prime Video.

3. A Hora Mais Escura (Zero Dark Thirty)

Kathryn Bigelow foi a primeira mulher (e, por enquanto, a única) a ganhar o Oscar de Melhor Diretor, em 2008, pelo filme “Guerra ao Terror”. Em 2012, ela retornou aos cinemas com essa obra inspirada na caçada pelo terrorista Osama Bin Laden, liderada por uma agente da CIA chamada Maya (Jessica Chastain).

Por que é inspirador?Maya é uma mulher forte em um ambiente militar, tipicamente masculino.

Onde assistir: Netflix

4. Mad Max: Estrada da Fúria (Mad Max: Fury Road)

É raro ver mulheres ganhando destaque em filmes de ação, ainda mais em uma franquia que tem um homem em seu título. Em “Fury Road”, Max (Tom Hardy) divide os holofotes com a Imperatriz Furiosa (Charlize Theron), liderando uma fuga insana e cheia de simbolismos.

Por que é inspirador? É interessante ver a força de Furiosa na luta pela sua liberdade e de seus amigos.

Onde assistir: NOW

5. Coco antes de Chanel (Coco Avant Chanel)

Saindo um pouco das produções de Hollywood, vamos falar desse ótimo filme francês, que mostra a vida da criadora da luxuosa grife Chanel. Vivida por Audrey Tautou (a mesma atriz de Amélie Poulain e O Código da Vinci) a protagonista vence uma infância e juventude difíceis para se tornar uma empresária bem sucedida.

Por que é inspirador? Coco Chanel é uma mulher a frente de seu tempo, que desafiou várias convenções sociais para escrever sua própria história.

Onde assistir: NOW

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Bonecos do baby Yoda podem ter fabricação atrasada por causa do Coronavírus

Organizadores do Festival de Cannes indicam que o evento irá acontecer