Em uma recente entrevista com o site Ain’t IT Cool News, o diretor Andrés Muschietti começou a falar das adições e dos cortes da primeira parte de seu mais novo filme, It: A Coisa. Em determinado momento, quando a conversa migrou para a cidade ficcional de Derry (ambiência principal do longa), ele comentou sobre outro maníaco da produtora New Line – Freddy Krueger. E, de acordo com suas declarações, a criatura quase apareceu no remake.

Leia a transcrição abaixo:

Obviamente nós consideramos a ideia por um momento, mas não estava tão interessado em trazer Freddy Krueger para as telas. Eu amo a história e amo como Stephen King basicamente faz um retrato da infância nos anos 1950. Ele é muito genuíno quando busca em seu repertório todos os monstros dos estúdios Universal porque era disso que as crianças tinham medo. Seria um caminho natural recriar essa ideia nos anos 1980, mas não estava apaixonado pela ideia. Achei que seria muita metalinguagem, ainda mais com a New Line envolvida no filme. É uma distração e não parecia certo, por alguma razão.

A história gira em torno do sanguinário e sobrenatural Pennywise (Bill Skarsgard) e do Clube dos Perdedores, formado por Bev (Sophia Lillis), Richie (Finn Wolfhard), Eddie (Jack Dylan Grazer), Ben (Jeremy Taylor), Mike (Chosen Jacobs) e Stanley (Wyatt Oleff). It: A Coisa arrecadou mais de 123 milhões de dólares em seu final de semana de estreia e tornou-se um dos filmes de terror mais rentáveis dos últimos anos.

 

 

Comente!