em ,

J.K. Rowling e Margaret Atwood assinam carta contra cultura do cancelamento

J.K. RowlingMargaret Atwood e outros 150 escritores, ativistas e acadêmicos assinaram uma carta aberta contra a cultura do cancelamento. Intitulado “A Letter on Justice and Open Debate” (“Uma Carta sobre Justiça e Debate Aberto”, em tradução livre), o texto publicado na Harper’s Magazine defende que apenas o debate pode superar as ideias ruins e não a represália.

Segundo o grupo, o debate de ideias e a troca de informações, dois dos preceitos de uma sociedade liberal, têm sido diariamente constrangido, seja por governos repressivos ou por pessoas intolerantes. Ainda de acordo com o texto, embora essa postura seja esperada da extrema direita, eles afirmam que a censura está cada vez maior na sociedade com “uma moda de humilhação pública e ostracismo, e a tendência de dissolver questões políticas complexas com uma certeza moral”.

“A inclusão democrática só pode ser atingida se nós denunciarmos o clima intolerante que está estabelecido em todos os lados”, dizem. “[…] Como escritores precisamos de uma cultura que nos dê espaço para experimentações, chances de tomar riscos e até cometer erros. Precisamos preservar a possibilidade de uma discordância de boa fé, sem consequências profissionais terríveis”.

Recentemente, Rowling foi “cancelada” no Twitter por afirmar que mulheres trans não menstruam gerando uma revolta virtual na rede social.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Morre o dublador Araken Saldanha aos 92 anos

Crítica | The Old Guard – A Imortalidade É uma Faca de Dois Gumes