em ,

Jim Carrey vende suas ações do Facebook e critica a rede social

Na terça-feira (06), em sua conta do Twitter, Jim Carrey demonstrou seu descontentamento com o Facebook, alegando que a rede social lucrou com a interferência russa nas últimas eleições americanas, e decidiu vender suas ações. Não bastasse isso, com a declaração ainda veio uma imagem depreciativa de Mark Zuckerberg, que chama a rede de “Fakebook”, claramente referenciando as fake news perpetradas pelo Facebook. Confira o tweet do ator abaixo:

“Estou vendendo minhas ações do Facebook e deletando minha página [na rede social] porque o facebook lucrou com a interferência russa em nossas eleições e ainda não estão fazendo o suficiente para parar com isso. Encorajo todos os outros investidores que se importam com nosso futuro a fazerem o mesmo. #unfriendfacebook.”

Carrey não é a primeira figura pública a realizar uma ação parecida. Recentemente a Folha de SP declarou que não irá mais divulgar suas notícias por lá, em resposta direta ao novo algoritmo da rede social, que diminui consideravelmente o alcance de links postados por páginas.

O que você achou desta publicação?

Publicado por Guilherme Coral

Refugiado de uma galáxia muito muito distante, caí neste planeta do setor 2814 por engano. Fui levado, graças à paixão por filmes ao ramo do Cinema e Audiovisual, onde atualmente me aventuro. Mas minha louca obsessão pelo entretenimento desta Terra não se limita à tela grande - literatura, séries, games são todos partes imprescindíveis do itinerário dessa longa viagem.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Venom | Tom Hardy e o simbionte se unem no primeiro trailer do filme