em ,

Joaquin Phoenix pede para que governador de Nova York liberte presos por causa do coronavírus

O vencedor do Oscar deste ano por seu personagem em Coringa, Joaquin Phoenix, fez um pedido para o governador da cidade de Nova York, Andrew Cuomo, em relação a pandemia e disseminação do novo coronavírus nos presídios.

Devido ao alto contágio da doença, Phoenix fez um apelo para que as prisões fiquem vazias, isso para que seja um meio de se impedir a disseminação do vírus nesses lugares e fazer com que os presos não contraíam a doença, e fazendo com que um prisioneiro não a passe de um preso para o outro nem para a equipe que faz a segurança do local. Phoenix realizou a publicação de um vídeo, em que revela sua posição a respeito do assunto.

“A disseminação do coronavírus nas prisões ameaça a saúde e a segurança de todos nós. Quando você está encarcerado, não existe distanciamento social, e garantir uma boa higiene não é uma opção. Os líderes devem fazer o possível para impedir que as pessoas encarceradas e os que trabalham nas prisões adoeçam e espalhem o vírus. Estou pedindo ao governador Andrew Cuomo para agir, concedendo clemência aos nova-iorquinos na prisão. A vida de muitas pessoas depende da ação dele. Ninguém merece morrer na prisão por COVID-19.”

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Gabriel Danius

Jornalista e cinéfilo de carteirinha amo nas horas vagas ler, jogar e assistir a jogos de futebol. Amo filmes que acrescentem algo de relevante e tragam uma mensagem interessante.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Conar abre representação contra live feita por Gusttavo Lima por propaganda irregular de bebida

Meme do caixão foi previsto em episódio de Os Simpsons; confira