Sempre digo que toda caridade é válida, mas aquela feita no anonimato, é ainda mais bela. 

Como não podia deixar de ser, o sempre simpático Keanu Reeves volta a surpreender seus fãs e muita gente com essa descoberta muito bonita. 

Mas antes de chegarmos a isso, é preciso comentar um pouco da vida repleta de momentos difíceis que o ator passou desde a sua infância quando foi largado pelo pai. 

Após ter a tristeza de ver sua primeira filha nascer natimorta, Reeves teve que lidar com a dor da morte da sua esposa poucas semanas depois em um acidente de carro fatal.

Ao mesmo tempo, teve que lidar com a dor enquanto cuidava de sua irmã mais nova após ela ser diagnosticada com leucemia em 1990. Ela lutou contra a doença por uma década até a doença regredir. 

Na imagem, Keanu conversa casualmente com um morador de rua em 1997.

Nesse período, Keanu Reeves doou generosamente para diversos institutos de pesquisa e instituições beneficentes para ajudar pessoas que batalham contra o câncer. Ele até mesmo fundou uma instituição para homenagear sua irmã sem se atrever a associar seu nome do lugar e conquistar publicidade às custas disso.

Essa instituição fundada por Reeves financia centros de pesquisa sobre a doença, além de ajudar a manter alas infantis de hospitais focados no tratamento da doença.

A única vez que admitiu ter uma instituição privada, foi em uma entrevista em 2009 na qual afirmava que desgostava da ideia de colocar seu nome ali, tirando o foco do trabalho maravilhoso que o lugar faz. 

Em 2008, Reeves também participou do Teleton americano focado em arrecadar dinheiro para tratamento de vítimas do câncer. 

Suas histórias de generosidade também não param por aí. Durante a conclusão da trilogia Matrix, Reeves doou uma enorme porção de seu salário milionário para todos que trabalharam no filme em forma de presentes de Natal inesquecíveis como motos Harley Davidson a outras lembranças muito especiais. 

Esperamos que Keanu Reeves continue sendo um filantropo de primeira linha, fazendo questão de fazer o bem sem chamar a atenção para si mesmo. 

Comente!