Filmes excelentes nem sempre recebem o reconhecimento do público que merecem. Enquanto que franquias descerebradas fazem milhões em vendas de ingresso, outros longas-metragens, simplesmente magníficos, acabam ficando esquecidos nas areias do tempo. Tristes exemplos de obras que, podem ou não, se tornarem clássicos cults anos e anos mais tarde.

Pensando nisso, decidimos elencar cinco filmes imperdíveis, que acabaram fracassando na bilheteria americana. Dito isso, vamos lá e não deixem de assistir essas preciosidades!

Amantes Eternos

Amantes Eternos, o excelente filme de vampiros de Jim Jarmusch, estrelado por Tom Hiddleston e Tilda Swinton, foi um total fracasso na bilheteria americana, conseguindo arrecadar apenas 1,9 milhões de dólares, contra os seus 7 milhões de orçamento. Claro, estamos falando de uma estreia limitada a certos cinemas, o que se aplica a outros países nos quais o filme foi exibido. Mas certamente não é a recepção que Amantes Eternos merecia.

Cidade dos Sonhos

A obra-prima de David Lynch certamente não é um filme fácil de se assistir e requer não só a entrega do espectador, como o uso de sua interpretação. Não é um filme para ser assistido e sim sentido. Talvez seja por isso que o longa não se pagou com a bilheteria americana, arrecadando apenas 7,2 milhões de dólares, contra os 15 milhões do seu orçamento.

Clube da Luta

Considerando a popularidade de Clube da Luta nos dias de hoje, é praticamente inimaginável que o longa tenha sido um fracasso de bilheteria, mas esse, infelizmente, foi o caso. A obra de David Fincher enfrentou um sério problema no seu marketing, com a equipe responsável não sabendo exatamente como vender o filme. Além disso, o longa foi adiado inúmeras vezes. No fim, ele acabou fazendo US$ 37 milhões na bilheteria doméstica, contra 63 milhões de orçamento!

Filhos da Esperança

O melhor filme de Alfonso Cuarón (desculpe-me, Gravidade), também não foi tão recebido quanto deveria ser. O longa nem pagou metade de sua produção, na bilheteria americana, fazendo apenas US$ 35 milhões, tendo custado 76 milhões. Felizmente, o filme foi aclamado pela crítica e indicado a três prêmios da Academia, além de ter se tornado um clássico cult desde então. Aliás, ele está disponível na Netflix. Assistam!

Blade Runner

Chega a ser surreal, mas Blade Runner conseguiu floppar na bilheteria. Estamos falando de um filme estrelado por Harrison Ford, que tinha acabado de fazer Star Wars e Indiana Jones, dois gigantescos sucessos de Hollywood, o que já deveria ter sido o suficiente para vender o filme. Infelizmente, o longa de Ridley Scott foi muito mal recebido, conquistando 27,5 milhões de dólares na bilheteria americana, contra os 28 milhões de seu orçamento.

O pior de tudo é que sua fantástica continuação, Blade Runner 2049, também foi um grande fracasso em vendas de ingresso. Triste fim para Deckard e os replicantes.