O ano de 2018 foi bem interessante em relação a jogos, ou melhor, em polemicas quanto a jogos e companhias de jogo. De todo fato foi um ano bem agitado para essa indústria, com muitos polemicas, intrigas e até mesmo com uma famosa companhia de jogos fechando as suas portas para sempre. Obviamente que o ano teve os seus momentos bons, principalmente com os lançamentos de jogos soberbos que estão até hoje em alta, mas o que teve de controvérsia este ano, certamente vai entrar na história da indústria.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Com isso, listamos aqui as cinco maiores controvérsias da indústria de jogos que tivemos neste ano, confira.

 

FALLOUT 76

Mesmo antes do lançamento de Fallout 76, sempre houve um certo ceticismo em relação ao jogo, mas ninguém conseguiu prever o desastre imenso que seria este jogo. Não apenas pelo fato do em si ser bem ruim, mas também a tudo relacionado a ele que gerou bastante treta durante o ano, como os problemas no servidor, toda à controvérsia da sacola que implicava não apenas uma falta de comunicação por parte da Bethesda, mas também algo tão sério quanto propaganda falsa. Um catástrofe completa.

NADA DE SONY NA PRÓXIMA E3

Desde que o primeiro ano da convecção E3, a Sony sempre tem tido uma grande presença no evento, tendo inclusive na maioria das vezes as melhores conferencias. Entretanto, esse ano que eles infelizmente anunciaram que ficariam de fora da E3 2019. Foi um choque e tanto para toda a indústria. Contudo, hoje já está mais claro que eles estão se preparando para fazer grandes revelações durante 2019, mas mesmo assim, a ausência deles na E3 do ano que vem será sentida intensamente.

EPIC GAMES STORE

O Steam é praticamente sinônimo de jogos para PC, e é ela que detém praticamente todo o monopólio de jogos para PC. No entanto, a Epic Games está começando a ameaçar a Steam. Armados com a enorme fortuna que acumularam graças ao ridículo sucesso do jogo Fortnite, eles lançaram a Epic Games Store, uma loja digital que oferece aos desenvolvedores mais vantagens do que a Steam e, como tal, pode acabar atraindo mais desenvolvedores e editores, afastando-os do Steam. E sinais claros quanto a isso já começaram ser bem notados por todos.

A TELLTALE TER ENTRADO EM FALÊNCIA E FECHADO AS PORTAS

Provavelmente a maior tragédia relacionada a games em 2018. A Telltale Games já existia na indústria há um bom tempo, e desenvolvia jogos com um estilo bem particular que um grande número de pessoas apreciavam bastante, e então veio a notícia do fechamento do estúdio devido à má administração, entre uma série de outras questões. Foi um choque enorme para todos, enquanto relatórios subsequentes sobre muitos funcionários da Telltale terem sido dispensados ​​sem pagamento também abalaram a indústria. Além disso, todos os seus próximos projetos, de The Wolf Among Us Season 2 a Stranger Things, foram cancelados. Pelo menos The Walking Dead se salvou graças a uma companhia que comprou os direitos para finalizar o jogo.

DOWNGRADE DOS GRÁFICOS DO NOVO SPIDER-MAN

Por último, temos a Insomniac Games, que prometeram entregar um jogo AAA de alta qualidade do famoso herói da Marvel Comics, O Homem-Aranha, que não só parece capturar tudo que até mesmo os fãs mais veteranos poderiam esperar e sonhar em um jogo do icônico herói, mas também vai além por prometer ser um jogo que seria uma excelente experiência por si só, coisa que de fato foi. Mas durante algumas Gameplays do jogo, os fãs compararam com as lançadas durante a E3 e notara um suposto Downgrade em poças d agua que apareciam durante o jogo. Claro, isso é um pouco reducionista, e essas poças eram apenas um dos pontos das queixas em torno dessa polemica, que forçou a própria companha a afirmar que não houve nada disso.

Comente!