Ficção científica é um gênero que surge a partir da imaginação humana concernente ao futuro, que começa a indagar certas questões: Quais serão as novas tecnologias que virão? Serão elas de todo benéficas ou trarão malefícios a humanidade? Que acontece se surgir uma inteligência artificial que simule a humana? O que há lá fora nesse infinito espaço desconhecido? Estaremos realmente sozinhos?

Sendo assim, toda a discussão que envolve a área científica serve também como força matriz para os que trabalham com a ficção, sendo sem duvidas o Japão um dos terrenos mais férteis para essa manifestação imaginativa, sendo pioneiros em diversos avanços científicos. Existem diversos animes no gênero e aqui tem uma lista de alguns dos mais promissores.

Steins;Gate

Steins;Gate acompanha o cientista Rintaro Okabe em sua pesquisa para construir uma máquina do tempo, um dia ele vê o cadáver de uma colega, para pouco depois descobrir que ela continua viva, assim começando uma trama cheia de mistérios que envolvem viagem no tempo. O anime além de ser genuinamente envolvente é um dos mais bem avaliados do MyAnimeList, maior agregador de avaliações da animação japonesa. Já é mais que motivo suficiente para conferir.

Serial Experiments Lain

Serial Experiment’s Lain é um anime no mínimo peculiar. Aqui acompanhamos Lain, uma garota tímida que recebe um e-mail de uma colega de escola que deveria estar morta, mas afirma que agora seu espírito vive na internet e ela encontrou Deus lá. Lain então se aventura pela Wired (o ciberespaço no universo do anime) e lá descobre que existe outra Lain, com uma personalidade totalmente diferente. É notável a influência dos romances do William Gibson da Trilogia do Sprawl (Neuromancer, Count Zero e Monalisa Overdrive) nessa obra. É certamente interessante para os fãs de cyberpunk e os que quiserem se aprofundar nesse subgênero conferir esse anime.

Ghost in the Shell

Ghost in the Shell é uma das séries de maior sucesso no gênero, com quatro longas-metragens, três séries, com uma quarta já em produção e uma adaptação hollywoodiana estrelada pela Scarlett Johansson. O anime acompanha as aventuras da major Motoko Kusanagi e da seção 9, parte da polícia japonesa cujos membros são ciborgues de elite. A série fornece reflexões sobre como diferenciar a máquina e o ser humano em um mundo em que a linha divisória entre os dois não está tão clara assim.

Gundam

Não poderia faltar Gundam, que definiu o gênero de Mecha (Robôs Gigantes) dentro dos animes. A série acompanha a história da guerra entre a Federação e Zeon no ano de 2179. Os criadores conseguiram criar uma história que apesar de fantasiosa, traz genuínas reflexões sobre a  natureza  da guerra, é envolvente e possui cenas de ação eletrizantes. É um clássico que merece  ser assistido.

Neon Genesis Evangelion

Outro grande sucesso do gênero Mecha. Evangelion acompanha o jovem Shinji que acaba sendo forçado a lutar em uma batalha contra os anjos, usando a tecnologia dos robôs gigantes Evangelion. Apesar da premissa aparentemente simples, Evangelion traz uma grande profundidade de temas, com referências ao cristianismo, Kaballah e uma complexa psicologia nos personagens. É um deleite para fãs de anime e ficção científica em geral.

Ergo Proxy

Ergo Proxy acompanha a policial Re-L, habitante da cidade flutuante de Romdeau que foi construída para proteger seus habitantes de um desastre ecológico global, que deixou o resto da terra inabitável. Certas circunstancias fazem com que Re-L e outros personagens deixem a cidade de Romdeau e descubram que a realidade era muito mais do que eles imaginavam. Ergo Proxy é mais um anime do subgênero cyberpunk que traz temáticas filosóficas e até mesmo teológicas como o caso do gnosticismo. Esse é sem duvidas um dos animes mais originais em relação a narrativa, estética e até mesmo na própria história que eu tenha conhecimento.

Metropolis

Metropolis é um filme dirigido por Rintaro, roteirizado pelo Katsushiro Otomo (criador de Akira) e baseado no mangá de Osamu Tezuka (criador do Astro Boy). Inspirado no famoso filme alemão de 1927, dirigido por Fritz Lang de mesmo nome, apesar da história ser substancialmente diferente. Se passa em uma grande cidade do futuro, Metrópolis, uma plutocracia habitada por seres humanos e robôs. A cidade vive conflitos políticos, militares e uma desigualdade econômica selvagem.

Memories

Memories é um filme de 1995 produzido por Katsushiro Otomo (Akira) e Satoshi Kon (Paprika). O filme contém três histórias diferentes, cada uma com um diretor. Sendo a mais interessante (e o principal  motivo de entrar nessa lista) a primeira delas, Magnetic Rose dirigida pelo próprio Otomo. Nessa história dois engenheiros encontram uma estrutura deserta no meio do espaço que eles decidem explorar, entrando nela coisas estranhas começam a acontecer. Além dessa história há também Stink bomb, em que um homem ao ingerir uma pílula experimental se torna tóxico e mata pessoas acidentalmente pelo odor. E a última história é Cannon Fodder sobre uma cidade que vive constantemente em guerra e precisa atirar canhões a todo momento.

Texhnolyze

Texhnolyze se passa na cidade de Lux, uma cidade criada pelo homem no subsolo da Terra com o propósito de coletar o mineral Lafia, componente importante para o processo de “texhnolyze”, a implementação de próteses biomecânicas em pessoas de membros amputados. Nessa cidade três organizações lutam pelo controle geral.

Psycho Pass

Psycho Pass se passa em um mundo futurista em que o  coeficiente criminal de uma pessoa pode ser medido por detectores, sendo possível considerá-la uma ameaça para a sociedade antes mesmo que ela tenha cometido algum crime. A história acompanha um grupo policial encarregado de prender ou eliminar esses possíveis criminosos. O anime se utiliza de uma clara inspiração nos romances do Philip K. Dick, renomado escritor norte-americano de ficção científica, principalmente no conto Minority Report.

Patlabor

Patlabor é uma série que possui três longas-metragens, dois dos quais dirigidos por Mamoru Oshii e duas séries animadas, baseados nos mangás de  Masami Yuki de mesmo nome. É um mundo em que robôs gigantes fazem diversos trabalhos, incluindo os de construção, quando esses robôs dão problema, quem é mandado para resolver o problema é a polícia móvel Patlabor.

Akira

Akira foi sem dúvidas um dos animes pioneiros na popularização da mídia no ociedente. É um longa-metragem dirigido por Katsushiro Otomo (Ator do mangá no qual ele se baseia) em 1988 e foi um sucesso instantâneo. Acompanha dois amigos, membros de uma gangue, Kaneda e Tetsuo. Após sofrer um acidente e topar com uma estranha criança, Tetsuo ganha estranhos poderes telecinéticos, posteriormente enlouquecendo com ele. Cabe ao Kaneda pará-lo para impedir uma catástrofe. Akira serviu de inspiração para a indústria da animação como um todo, com um uso da iluminação inovador.

Code Geass

Code Geass é um anime da Clamp distópico dentro do subgênero de Mechas. No universo do anime, o Japão é ocupado pelo perverso império de Britania, que explora o país e oprime o seu povo. O estudante Lelouch, se encontra com uma garota caçada pelo exército de Britânia, que pouco antes de ser assassinada passa a ele seu poder, o jovem agora é capaz de controlar a mente das pessoas. Juntamente com um grupo de rebeldes, utiliza robôs gigantes para livrar seu país do terrível regime autoritário.

Cowboy Bebop

Cowboy Bebop se passa em um mundo inspirado no faroeste americano, mas ainda assim no futuro, com cowboys que são uma espécie de piratas espaciais, só essa premissa já deixa claro o quanto pode ser divertida essa obra. Acompanha as aventuras do caçador de recompensas Spike, que cruza a galáxia em busca de criminosos cuja cabeça é vendida por preços altíssimos. O anime é considerado um marco com sua animação fluida e cenas de ação bem coreografadas. Recentemente foi anunciada uma versão em live action que deverá ser lançada pela Netflix.

Gantz

Depois de morrerem atropelados por um trem de metrô, Kei Kurono e Masaru Kato são ressuscitados e transformados em soldados para lutarem contra ameaças alienígenas. Gantz tem uma série de anime e três longa metragens, o mais recente Gantz 0 é sem duvidas um dos animes feitos em CG mais bem feitos que eu já vi. A série é conhecida por ter um conteúdo pesado, mas mesmo assim viciante.

Paprika

Paprika é um longa-metragem de 2006 dirigido por Satoshi Kon. Se passa em um mundo onde foi inventada uma terapia chamada terapia dos sonhos que consiste em entrar nos sonhos das pessoas utilizando a tecnologia DC Mini. A doutora Atsuko Chiba utiliza a terapia para tratar de seus pacientes usando seu alter ego, Paprika. O filme foi bem recebido e foi sucesso instantâneo, vencedor de diversos prêmios em festivais de cinema. O filme também influenciou diretamente o famoso filme de Cristopher Nolan, A Origem.

Knights of Sydonia

Knights of Sydonia é um anime original da Netflix do gênero Mecha lançado em 2015. Dos que eu citei aqui, talvez ele seja o que tem a animação mais fraca, mas vale a pena pela sua história. Se passa no ano de 3394 e a humanidade está em guerra contra uma raça alienígena que tem como objetivo extinguir toda a raça humana.

Legend of the Galactic Heroes

Legend of the Galactic Heroes é um anime de 1988 no subgênero space opera. Conta a história de uma guerra entre o Império Galáctico e a Aliança dos Planetas Livres. É uma adaptação dos romances de Yoshiki Tanaka de mesmo nome. O anime ganhou um remake recente em 2017 pela production IG.

Voices of a Distant Star

Voices of a Distant Star de 2002 é o primeiro filme feito pelo Makoto Shinkai, um dos maiores nomes da indústria dos animes atualmente. Trata-se de um curta-metragem com duração de um pouco mais de vinte minutos e já traz elementos que os fãs dos animes viriam a amar no artista, como seu tato para contar uma história de romance de modo poético e comovente. O anime conta a história de dois amigos de infância que separados por uma guerra contra alienígenas continuam se comunicando por mensagens, esperando que um dia possam se ver novamente.

Space Battleship Yamato

Space Battleship Yamato, lançado em 1974 é um dos animes mais influentes já feitos. A história se passa no ano de 2199, em que uma raça alienígena chama Gamilas atira um meteoro radioativo na terra, deixando a superfície do planeta inabitável. Acompanhamos a humanidade tentando sobreviver e combater os alienígenas com uma possível extinção eminente a caminho. A franquia possui diversas séries e longas-metragens, sendo a mais recente Yamato 2202, lançada em 2017.

Appleseed

Appleseed é um mangá de Masamune Shirow (criador de Ghost in the Shell) que possui quatro adaptações em longa-metragem. Se passa em um mundo pós-guerra, na cidade sobrevivente, Olympus, governada pelo supercomputador Gaia e os sete anciões. O primeiro filme é considerado um marco da animação japonesa em computação gráfica.

Astro Boy

Astroboy é um dos pioneiros da animação japonesa, criado por Osamu Tezuka em 1952. O doutor Tenma cria um robô com emoções humana após a morte de seu filho e a história acompanha Astro enquanto ele tenta viver uma vida normal e vive várias aventuras ao lado do doutor e de uma família de robôs. Astro Boy já conta com três séries animadas e três filmes, sendo um deles uma adaptação americana. O sucesso de Astro Boy foi tão grande que acabou influenciando toda a cultura pop mundial, conta-se que Walt Disney uma vez disse a Tezuka: “Quem dera eu tivesse criado algo como Astro Boy”.

Cyborg 009

Cyborg 009 é mais um anime pioneiro que mostra que a mídia realmente nasceu embebida em obras de ficção científica. Foi criado por Shotaro Ishinomori em 1964 e faz grande sucesso desde então. Nove pessoas são sequestradas por uma maligna corporação que planeja utilizar seres humanos como armas transformando-os em ciborgues, mas o Dr. Isaac Gilmore os liberta e os ajuda a se rebelarem.

Concorda com a lista, acha que faltou algum? Deixe sua opinião nos comentários e não deixe de compartilhar!

Comente!