em

Lista | Os 10 Melhores Filmes de Martin Scorsese

melhores filmes martin scorsese

Martin Scorsese é um dos melhores diretores da História do Cinema. Não é tarefa fácil listar quais são os melhores filmes desse diretor que é simplesmente incapaz de produzir algo que seja menos do que “Bom”, mas o Bastidores resolveu honrar a estreia de Silêncio com um Top 10 pessoal de nossos filmes preferidos do grande Scorsese.

Confira:

10. Silêncio

Não, ao contrário do que alguns críticos vinham afirmando, Silêncio não é o melhor filme de Martin Scorsese. Mas definitivamente é um dos melhores, com seu trabalho passional sobre a perseguição a padres jesuítas no Japão feudal rendendo uma obra madura e cuidadosa, revelando um Scorsese mais contido, porém nem por isso menos apaixonado por sua Arte, sendo excepcionalmente capaz de provocar múltiplas emoções e contar uma ótima história.

9. Depois de Horas

Um dos mais subestimados filmes de toda a sua carreira, Depois de Horas é mais uma de suas raras incursões no gênero da comédia, particularmente a de humor negro. Aqui, companhamos a desaventurada tentativa de um sujeito de chegar a um encontro com uma bela moça que conhecera num café, jogando-o em uma jornada bizarra e repleta de acontecimentos inesperados e divertidos. Imperdível.

8. Os Infiltrados

Responsável por finalmente garantir à Scorsese o injustamente demorado Oscar de Melhor Diretor, a versão americana do filme coreano Conflitos Internos é um de seus trabalhos mais intensos. Com um elenco fenomenal que conta com alguns dos melhores nomes que já passaram por sua carreira, Os Infiltrados é um thriller policial energético e envolvente, que surpreende pelas reviravoltas e choca pelo retrato realista da violência em uma guerra entre criminosos e o FBI.

7. O Aviador

Scorsese sempre foi muito habilidoso ao lidar com histórias reais, e o ambicioso biopic de Howard Hughes é um dos melhores longas do gênero que tivemos nos últimos anos. Marcado por valores de produção impressionantes, um elenco afiado que traz uma das melhores performances de Leonardo DiCaprio e um olhar analítico e elegante para uma das figuras mais controversas de Hollywood, O Aviador é um estudo de personagem poderoso.

6. O Rei da Comédia

Mais uma memorável incursão do diretor na comédia, o filme traz a performance mais improvável e divertida da carreira de Robert DeNiro, que interpreta um aspirante a comediante obcecado em ter um espaço no programa de seu grande ídolo, vivido por um excelente Jerry Lewis. É uma história envolvente e que diverte pelo nonsense e os rumos inesperados tomados por seus personagens perturbados, e Scorsese ainda é bem sucedido ao estabelecer um poderio visual surpreendente para esse tipo de história.

5. Cassino

Injustamente subestimado e à sombra do sucesso de Os Bons Companheiros, Cassino é mais um capítulo espetacular na análise de Martin Scorsese sobre a máfia e organizações criminosas. Voltando o olhar para os esquemas ilegais nos cassinos de Las Vegas, esta obra-prima traz um roteiro memorável de Nicholas Pileggi, um elenco estelar que conta com uma Sharon Stone absolutamente incrível e um cuidado estético em toda a produção e fotografia que tornam este o mais BELO filme de toda sua carreira.

4. O Lobo de Wall Street

Logo após o término de O Lobo de Wall Street, tinha certeza estar diante de um clássico moderno. Scorsese leva sua abordagem típica da máfia para o mundo das finanças de Wall Street, onde seguimos a saga pervertida e excessiva de Jordan Belfort, a qual Leonardo DiCaprio entrega aquela que é inquestionavelmente a melhor performance de sua carreira. Com um roteiro esperto de Terence Winter, Scorsese mantém uma narrativa operática e hilária ao longo de 3 horas, e demonstra que seu domínio cinematográfico só vai ficando mais sofisticado.

3. Touro Indomável

Um dos biopics mais poderosos e impactantes já realizados, Touro Indomável traz Scorsese mergulhando fundo na psique e na vida pessoal do boxeador Jake LaMotta. O foco nem fica tanto nos momentos do ringue, aos quais o diretor traz uma visão amedrontadora e perigosa graças também à fotografia em preto e branco, mas em todos os conflitos pessoais entre o perturbado protagonista – naquela que provavelmente é a melhor atuação de Robert DeNiro.

2. Os Bons Companheiros

Caso O Poderoso Chefão não existisse, Os Bons Companheiros seria o melhor filme de máfia de todos os tempos. A culminação de tudo o que Scorsese havia testado no gênero até então, a trajetória de Henry Hill dentro do círculo criminoso da máfia ítalo-americana de Los Angeles é um dos maiores presentes que o diretor já forneceu à Sétima Arte. Da escrita incrível em parceria com Nicholas Pileggi, a montagem energética de sua leal colaboradora Thelma Schoonmaker, a escolha inspirada da trilha sonora incidental e o elenco absolutamente perfeito, este é um filme que simplesmente não tem defeitos.

1. Taxi Driver

É muito difícil escolher qual filme fica no topo da lista, mas acredito que Taxi Driver representa bem tudo o que Scorsese já fez de melhor. O longa é um mergulho na mente perturbada de um homem solitário, com Scorsese sobressaindo-se em seu retrato de uma Nova York melancólica e podre, pela qual acompanhamos pelo ponto de vista da magistral performance de Robert De Niro e o roteiro inteligente de Paul Schrader. Não só o melhor filme do diretor, mas um dos melhores filmes americanos de todos os tempos.

Hors Concours

New York, New York

Esse não é o melhor filme de Martin Scorsese, tampouco um de seus melhores trabalhos. Porém, New York, New York foi um dos maiores fracassos de sua carreira, sendo injustamente taxado como um de seus filmes mais fracos. Dedico a inclusão do musical com Liza Minelli e Robert DeNiro apenas para que o público reconheça a inegável qualidade do longa, que é uma belíssima homenagem aos musicais da Era de Ouro de Hollywood e traz uma história surpreendentemente bem contada. Em tempos em que Damien Chazelle reacende essa chama saudosista com La La Land, uma visita ao musical de Scorsese é uma boa pedida.

Concorda com a lista? Qual o seu filme preferido de Martin Scorsese? 

Comente!

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Lucas Nascimento

Estudante de audiovisual e apaixonado por cinema, usa este como grande professor e sonha em tornar seus sonhos realidade ou pelo menos se divertir na longa estrada da vida. De blockbusters a filmes de arte, aprecia o estilo e o trabalho de cineastas, atores e roteiristas, dos quais Stanley Kubrick e Alfred Hitchcock servem como maiores inspirações. Testemunhem, e nos encontramos em Valhalla.

Comentários

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Crítica | Papa Francisco, Conquistando Corações – Cumpre seu papel