em

Lista | Os 10 Melhores Papéis de Viola Davis

melhores papeis viola davis
HOW TO GET AWAY WITH MURDER - "I Want You to Die" - Annalise and the team are hired to represent a client accused of badgering somebody to the point of suicide. Meanwhile, Eve returns to defend Nate after ADA Sinclair serves him for a possible new murder charge, and Bonnie learns about what happened at Trotter Lake, on "How to Get Away with Murder," THURSDAY, NOVEMBER 5 (10:00-11:00 p.m., ET) on the ABC Television Network. (ABC/John Fleenor) VIOLA DAVIS

Viola Davis é uma das atrizes mais versáteis da indústria audiovisual hollywoodiana, e já marcou história tanto no cinema – ao tornar-se a primeira atriz negra a receber três indicações ao Oscar – e na TV – também primeira atriz negra ao faturar a estatueta de Melhor Atriz em Série Dramática. E aproveitando o hype de seu mais novo projeto, Um Limite Entre Nós, resolvemos fazer uma singela homenagem com seus melhores e mais marcantes papéis.

Confira nossa seleção abaixo e não se esqueça do seu comentário!

10. VOLTANDO A VIVER (2000)

A estreia de Denzel Washington nos cinemas pode não ter agradado a todos, tanto do público quanto da crítica, mas é inegável que Viola Davis, encarnando Eva May, uma mãe que foi presa e acabou deixando seu único filho aos cuidados de um orfanato, recusando-se a clamar sua guarda após a soltura. Apesar de ser coadjuvante e não ter tanto tempo em cena quanto seus colegas, a atriz entrega uma performance simples e forte, cuidando para colocar sua personagem dentro de um arco de culpa e de redenção que extrai seu melhor e fixa sua versatilidade para as telonas.

9. SOLARIS (2002)

Resultado de imagem para solaris viola davis scenes

Solaris é mais conhecido por ter sido primeiramente adaptado ao cinema por Andrei Tarkovski em 1972. Mas não podemos nos esquecer da releitura assinada por Steven Soderbergh em 2002, no qual uma das grandes surpresas foi a interpretação rígida e típica de filmes de ficção científica de Davis. Aqui, ela dá vida à Dra. Gordon, uma das duas sobreviventes do desastre da estação espacial que volta e meia coloca Chris Kelvin (George Clooney) num dilema para descobrir suas reais intenções. E, bom, conhecendo a capacidade da atriz, até mesmo o duplo sentido pode ter uma terceira vertente de compreensão.

8. PARANOIA (2007)

Resultado de imagem para viola davis disturbia 2007

Em mais uma de suas colaborações como atriz coadjuvante, Davis encarna a Detetive Parker, responsável pela segurança e pela orientação de Kale (Shia LaBeouf) e Julie (Carry-Ann Moss) sobre o regime domiciliar pelo qual seu filho deve passar após ter um ataque de fúria em plena escola. A história principal é inspirada livremente em Janela Indiscreta, filme de 1954 dirigido por Alfred Hitchcock, e a atriz parece ter mergulhado fundo no arquétipo detetivesco típico daquela época, adotando um semblante inexpressivo e extremamente racional, distanciando-se de seus papéis anteriores e adicionando mais uma camada à sua já sólida carreira.

7. DÚVIDA (2008)

Dúvida talvez seja a prova de que não é preciso de muito para retificar a potência e a capacidade artística de um ator. No filme de John Patrick Shanley, Viola Davis não aparece mais que dez minutos em cena, e ainda sim foi alvo da Academia de Artes Dramáticas, a qual a concedeu a primeira indicação ao Oscar. Adepta aos subtextos e às construções alegóricas, Mrs. Miller – a personagem interpretada por Davis – traz uma caracterização bem mais contida e por vezes submissas a presenças superiores (como a Irmã Aloysius Beauvier, encarnada por Meryl Streep), construindo ao longo de seu pouquíssimo tempo aparente delineações invejáveis e definitivamente justificáveis quanto à sua nomeação ao prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante.

6. UNITED STATES OF TARA (2009)

Este também pode não ser um de seus papéis mais conhecidos, mas a presença de Davis em United States of Tara, série protagonizada por Toni Collette e vencedora do Emmy, é simplesmente cômica e envolvente em diversos níveis. No show, ela dá vida a Lynda P. Frazier, mentora da personagem de Brie Larson e uma das melhores amigas de Tara, que empresta o nome ao título. Sua irreverência e completa falta de noção social em cena a tornaram um ícone da comédia no final dos anos 2000, rendendo-lhe uma indicação ao NAACP Image Award de Melhor Atriz Coadjuvante.

5. CONFIAR (2010)

A estreia de David Schwimmer como diretor não pôde ter vindo em hora e elenco melhores: além da sólida presença de Clive Owen e de Liana Liberato como pai e filha que tentam sobreviver às consequências do estupro, Davis entra na história como Gail Friedman, uma terapeuta responsável por controlar os ânimos da família e impedir que mais desastres aconteçam. Sua crua e fria performance casa perfeitamente com a narrativa essencialmente emotiva, funcionando como um amparo nos momentos mais complicados – e deixando sem explicação o fato de não ter sido novamente indicada a nenhum prêmio.

4. HISTÓRIAS CRUZADAS (2012)

Resultado de imagem para viola davis the help

É impressionante como Viola Davis torna-se um camaleão ao atuar e sempre consegue surpreender até os mais céticos. Como já não bastasse em suas interpretações anteriores, encarnar Aibileen Clark na adaptação cinematográfica de História Cruzadas proveu mais uma camada à sua incomparável versatilidade e maleabilidade. Na história, ambientada na década de 1960 em plena segregação racial estadunidense, Aibileen é a primeira entrevistada da aspirante à escritora Skeeter (Emma Stone), e vê a oportunidade para se unir a suas amigas e se voltar contra a opressão que todas sofrem de suas patroas. Seu incrível carisma em cena lhe rendeu a segunda indicação ao Oscar, agora na categoria de Melhor Atriz, mas perdeu a estatueta para Meryl Streep (A Dama de Ferro).

3. HOW TO GET AWAY WITH MURDER (2014)

Resultado de imagem para how to get away with murder viola davis

Uma das séries mais famosas da ABC pode ter seus defeitos novelescos, mas se tem uma coisa que Shonda Rhimes sabe fazer é criar personagens envolventes e escolher a dedo os melhores para integrar seu elenco. E não seria diferente com Viola Davis, que dá vida à protagonista Annalise Keating. Sua interpretação dinâmica e perscrutada de nuances é envolvente e de tirar o fôlego, não sendo à toa que, em três anos dentro do show, recebeu três vezes a indicação de Melhor Atriz nos Emmy Awards, levando uma das estatuetas para casa e tornando-se a primeira mulher negra a ganhar tal prêmio.

2. JAMES BROWN (2014)

Em Get on Up, Davis foi escolhida a dedo pelo diretor Tate Taylor para interpretar Susie Brown, mãe do ícone do jazz que empresta seu nome ao filme, encarnado aqui por Chadwick Boseman. Além de trabalhar novamente com sua parceira Octavia Spencer, sua verdade em cena e suas claras nuances de personalidade lhe renderam prestígio tanto por parte da crítica quanto por parte do público, construindo na maior parte sequências dinâmicas e próprias do estilo musical supracitado.

1. UM LIMITE ENTRE NÓS (2017)

Resultado de imagem para viola davis fences

Talvez seja prepotência dizer isso, mas Um Limite Entre Nós pode ser o grande ápice da carreira de Viola Davis. Obviamente sua filmografia não está nem perto de acabar, mas é extremamente importante citar que sua reprise como a dona de casa Rose Maxson na adaptação da peça Fences, de August Wilson, é soberba. Desde os primeiros minutos em que está em cena, sentimos uma contenção sobre-humana por parte da personagem que, após atravessas mentiras e obstáculos a cântaros, culmina numa explosão sentimentalista – sem cair nos clichês melodramáticos – digna de apreciação até por parte dos mais céticos. Sua interpretação lhe rendeu a primeira estatueta do Oscar, marcando sua terceira indicação e colocando a atriz mais uma vez nos holofotes ao torná-la a primeira mulher negra a ser condecorada com o Oscar, o Emmy e o Tony Award (prêmio máximo do teatro estadunidense).

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Thiago Nolla

Thiago Nolla faz um pouco de tudo: é ator, escritor, dançarino e faz audiovisual por ter uma paixão indescritível pela arte. É um inveterado fã de contos de fadas e histórias de suspense e tem como maiores inspirações a estética expressionista de Fritz Lang e a narrativa dinâmica de Aaron Sorkin. Um de seus maiores sonhos é interpretar o Gênio da Lâmpada de Aladdin no musical da Broadway.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

personagem hugh jackman

Lista | Melhores personagens de Hugh Jackman

Crítica | Taboo – 1×06: Chapter #1.06