A premiação mais importante do cinema nos proporciona momentos emocionantes e também bem bizarros, como vimos na edição de ontem. Confira com detalhes aqui – AS GAFES DO OSCAR 2017. Mas não pense que essa foi a única edição da premiação que estava com as bruxas soltas. Juntamos aqui alguns dos momentos mais bizarros e curiosos do Oscar.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

1 – O impostor

Em 1980, um impostor se fez passar pelo diretor húngaro Ferenc Rofusz. O diretor ganhou o Oscar de melhor Curta de Animação por “A Mosca” e como não havia conseguido ir à cerimônia e ninguém o conhecia, o impostor resolveu subir ao palco e fazer o discurso.

2 – Homem pelado

Em 1974, enquanto David Niven anunciava a entrada da convidada Elizabeth Taylor, um homem chamado Robert Opel atravessou o palco correndo completamente pelado em forma de protesto.

3 – Piadas com as atrizes

Em 1934, o apresentador da cerimônia Will Rogers, ao anunciar a vencedora do Oscar de Melhor Atriz acabou chamando as atrizes May Robinson e Diana Wynyard juntas. Percebendo que algo estava errado, nenhuma das duas se levantou. Ainda bem, pois logo em seguida ele se corrigiu e chamou a verdadeira vencedora, Katharine Hepburn, por “Manhã de Glória”.

4 – Caminhada da vergonha 

Na mesma edição de 1934, Will Rogers resolveu anunciar o prêmio de Melhor Diretor de forma mais informal dizendo apenas “Venha buscá-lo, Frank”. Logo, o diretor Frank Capra se levantou e começou a subir no palco. O problema é que o vencedor era o diretor Frank Lloyd, por “Cavalgada”, obrigando que Capra voltasse ao seu lugar. Anos depois, o diretor declarou em sua autobiografia: “A mais longa, triste e difícil caminhada da minha vida.”

5 – Apenas um cigarro

Em 1983, o diretor Zibnigiew Rybczynski que havia ganhado o Oscar de Melhor Animação por “Tango” resolveu sair para fumar um cigarro no meio da premiação e como não tinha domínio total da língua inglesa não conseguiu explicar aos seguranças que na verdade era um convidado e precisava voltar. Ele foi algemado e passou a noite preso.

6 – Sendo expulsa da festa 

Em 2013, Kristina Reed que recebeu o Oscar de Melhor Curta-Metragem de Animação por “Paperman”, resolveu jogar aviões de papéis na plateia em referência ao personagem principal do curta. Porém, mesmo com o prêmio ela foi expulsa da cerimônia.

7 – A queda 

Talvez um dos momentos mais lembrados foi na edição de 2013 quando a atriz Jennifer Lawrence caiu ao subir ao palco ao ir receber o prêmio de Melhor Atriz pela a atuação em “O Lado Bom da Vida”.

8 – Protesto memorável 

Em 1973, o ator Marlon Brando ganhou o prêmio de Melhor Ator por seu papel em “O Poderoso Chefão” e se recusou a aceitar a estatueta. Mesmo assim, quis aproveitar o momento e enviou a ativista indígena Sacheen Littlefeather vestida de nativa para discursar contra como os indígenas tratados nos EUA e como eram retratados em Hollywood. Anos depois, surgiram boatos que ela na verdade não era nativa e sim uma atriz.

9 – Improvisos 

Em 1987, a premiação teve que ser feita toda na base do improviso. Afinal, no mesmo ano, o sindicato dos roteiristas estava de greve e todos se recusaram a ajudar a preparar o roteiro da cerimônia. 

10 – Pior musical

Em 1989, a atriz Eileen Bowman subiu ao palco vestida de Branca de Neve e fez um dueto desafinado com Rob Lowe. Logo após, se uniram a outros artistas com a intenção de mostrar o que seriam “os futuros vencedores do Oscar”. Além da apresentação musical lamentável do grupo, nenhum dos artistas apresentados foi sequer indicado nos anos seguintes. A Disney ainda processou a Academia pelo uso não autorizado da imagem da Branca de Neve.

Comente!