em

Lista | Ranking dos filmes de Laís Bodanzky

Com apenas quatro filmes em sua filmografia, a paulistana Laís Bodanzky se tornou uma das diretoras mais poderosas do cinema nacional. Os seus longas, todos roteirizados por Luiz Bolognesi (Bingo – O Rei das Manhãs), contam como tema principal conflitos em famílias de classe média. Bodanzky demonstra ter uma visão forte, além de ser uma excepcional diretora de atores. Vamos conhecer a sua pequena, mas poderosa obra:

4. Chega de Saudade (2008)

Depois de estrear com o pesado Bicho de Sete Cabeças, o filme seguinte de Bodanzky foi sobre um tema bem mais leve: os bailes de terceira idade em São Paulo. Com um elenco contado com Cássia Kiss, Betty Faria, Selma Egrei e uma participação especial da cantora Elza Soares, esse é um filme com um espírito muito bom que consegue fazer com que espectadores sintam os mesmos sentimentos que os personagens, não sendo apenas um espectador.

3. As Melhores Coisas do Mundo (2010)

Com o seu terceiro filme, a diretora decidiu abordar o tema oposto do que fez no seu ultimo longa. Se em Chega de Saudade o foco era a terceira idade em As Melhores Coisas do Mundo era o adolescente. Ao acompanharmos a vida de Mano (Francisco Miguez) vemos todos os dramas comum da sua idade: bullyng, perda da virgindade, primeiro amor, preconceitos, maturidades, etc… É um filme muito honesto com o seu público e que mostra uma grande compreensão sobre o assunto dado, sem soar caricato.

2. Como Nossos Pais (2017)

Conquistou seis prêmios no último Festival de Gramado, entre eles Filme, Direção, Ator e Atriz. Dessa vez, o foco é Rosa (Maria Ribeiro), uma escritora frustrada que aos quarenta anos se questiona sobre o seu papel como “mulher na sociedade”. Além de discutir temas importantes, o longa oferece diálogos lindos e um trabalho impecável de Maria Ribeiro.

1. Bicho de Sete Cabeças (2000)

O filme que despontou a carreira de Rodrigo Santoro. O longa mostra uma complexa relação entre pai e filho e como a falta de compreensão levou a um final trágico. O longa aproveita e crítica sobre o tratamento abusivo dos manicômios. É um dos principais filmes da retomada. Forte e intrigante, Bicho de Sete Cabeças é um filme que contém uma mensagem importante e um trabalho magistral de Santoro.

Essa é a pequena, mas poderosa filmografia de Laís Bodanzky. Não percam a obra dessa grande diretora!

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por João Pedro Gibran

Formado em Rádio e TV e cinéfilo doente. Esse ser sonha em trabalhar com cena um dia. Tem Martin Scorsese e Akira Kurosawa como Deuses.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Sessão Nostalgia | Jackie Chan Stuntmaster

Game of Thrones | Entenda como o Rei da Noite poderá criar um apocalipse zumbi em Westeros