De acordo com o site Deadline, a MGM adquiriu os direitos intelectuais do longo projeto em gestação sobre uma das cantoras mais icônicas de todos os tempos, Aretha Franklin. Jennifer Hudson, que teve sua estreia nos cinemas com Dreamgirls, foi escolhida a dedo pela artista e permanece cotada para vivê-las nas telonas.

Scott BernsteinHarvey Mason entram como produtores executivos do longa.

Franklin, cuja carreira se estende ao longo de seis décadas, desde seu início no mundo musical até o seu mais recente lançamento, A Brand New Me, é conhecida como a Rainha do Soul. Uma de suas rendições mais famosas definitivamente permanece com a releitura de Respect, de Otis Redding, tornando-se uma das cantoras mais celebradas da história com mais de 44 indicações aos prêmios do Grammy. Ela também foi a primeira mulher a chegar ao Rock and Roll Hall of Fame, e em 2005 recebeu a Medalha Presidencial de Libertação.

A biopic será baseada nas memórias Aretha: From These Roots, e já está em pré-produção por algum tempo. Em 2011, Franklin declarou a Wendy Williams que gostaria que Halle Berry a interpretasse, mas a atriz recusou a oferta por sua falta de experiência como cantora. Hudson, então, foi escalada como a protagonista desde 2015.

Ainda não há previsão de estreia o título definido para o longa.

 

Comente!