em ,

MGM pode ter prejuízo de até US$ 50 milhões por adiar 007 – Sem Tempo Para Morrer

A decisão de adiar o novo 007: Sem Tempo Para Morrer foi uma das mais drásticas para a MGM. A produtora já havia sofrido arduamente com adiamentos na produção do filme e agora a estreia que era em abril, passou para novembro.

A causa é o pânico causado pelo coronavírus que tem dispersado multidões e concentração de pessoas em espaços fechados. A MGM esperava um impacto muito negativo na bilheteria do filme, incluindo na China, e decidiu adiar. É esperado que até novembro, uma nova vacina contra o vírus já esteja disponível no mercado.

Entretanto, segundo fontes do The Hollywood Reporter, o estúdio pode encarar um prejuízo menor de US$ 30 a 50 milhões.

Mesmo com o valor alto, a publicação aponta que poderia ser muito pior para a produção caso o seu lançamento acontecesse dentro do previsto, no próximo mês de abril, quando possivelmente uma boa parte das salas de cinema ainda estará fechada na tentativa de conter a doença.

Com um orçamento de US$ 245 milhões, Sem Tempo Para Morrer tinha a expectativa de arrecadação de US$ 1 bilhão, o que não aconteceria. Segundo estudo feito pela MGM, a bilheteria sofreria uma perda de US$ 300 milhões caso mantivesse a data.

007 – Sem Tempo Para Morrer está previsto para ser lançado no Brasil no dia 19 de novembro.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Christian Bale interpretará vilão em Thor: Love and Thunder

Dubladores originais de Scooby-Doo e Salsicha escolhem sucessores para novo filme