em , ,

Morre aos 59 anos Kim Ki-duk, diretor de Casa Vazia e Pietà, após ter contraído coronavírus

Morreu aos 59 anos o cineasta sul-coreano Kim Ki-duk, nesta quinta-feira (11), na Letônia, local que visitava, em decorrência do novo coronavírus. Informação foi confirmada pela Variety.

Kim Ki-duk está entre os grandes nomes do cinema sul-coreano e recebeu os principais prêmios nos festivais na Europa, entre eles o Urso de Prata de melhor direção, no Festival de Berlim, pelo seu filme em Samaritana (2004) e o Leão de Ouro, do Festival de Veneza, pelo longa Pietà (2012).

Outros filme de destaque do cineasta são Primavera, Verão, Outono, Inverno…e Primavera (2003) e Casa Vazia (2004) que fizeram com que o diretor conquistasse grande destaque entre o público e a crítica mundial.

Kim foi alvo de polêmicas, em 2017, depois de uma atriz – que não quis revelar seu nome – o acusar de violência sexual e física durante as gravações do filme Moebius (2013). Ao ser condenado o diretor teve que pagar cerca de 5 milhões de wons como pena.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Gabriel Danius

Jornalista e cinéfilo de carteirinha amo nas horas vagas ler, jogar e assistir a jogos de futebol. Amo filmes que acrescentem algo de relevante e tragam uma mensagem interessante.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Crítica | Neuromancer – O livro que fundou o Cyberpunk (Repost)

Hayden Christensen comenta sobre retorno como Darth Vader: “É bom estar de volta”