em ,

Nikolaj Coster-Waldau, Jaime Lannister de Game of Thrones, também critica cena de estupro de Khal Drogo e Daenerys

Críticas sobre o trabalho de adaptação dos showrunners de Game of Thrones, David Benioff e D.B. Weiss, dos livros para a série, se tornaram populares após a sétima temporada da produção da HBO.

George R. R. Martin, autor da saga de livros que originou a série de TV, recentemente falou quanto a escolha de roteiro da dupla para transpor à tela a noite de núpcias de Khal Drogo (Jason Momoa) e Daenerys Targaryen (Emilia Clarke).

Martin disse que a cena ficou sendo “pior, não melhor”, porque no primeiro livro de As Crônicas de Gelo e Fogo, a situação é descrita como uma “sedução consensual” — e não um estupro. Assim como o criador do universo, o ator Nikolaj Coster-Waldau, que fez o papel de Jaime Lannister, também se pronunciou sobre o texto para a televisão.

Em entrevista ao The Times, Coster-Waldau explicou sobre o seu ponto de vista:

“Para Emilia [Clarke] fazer isso na primeira temporada foi bastante pesado e degradante, porque o que a personagem passa é horrível.”

Game of Thrones teve oito temporadas e todas estão disponíveis no serviço de streaming HBO GO.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Caio

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Dexter ganhará continuação com 10 episódios

Monster Hunter recebe novo trailer com Milla Jovovich em ação