Durante o podcast do The Empire Film (via CBM), Ryan Coogler, diretor de Pantera Negra, revelou qual seria o final alternativo do mais recente filme da Marvel Studios, mas parece que o final alternativo está presente no filme:

“Pensamos em diversas formas de como terminar. Fomos e voltamos em relação às Nações Unidas e tínhamos uma versão na qual a cena das Nações Unidas ocorria antes das cenas de Oakland do final. Mas acabamos meio que concordando como queríamos que o filme acabasse? Acabou voltando para aquela simetria e voltou para a mais tocante versão disso. É isso que estávamos nos perguntando ‘quem fica mais movido emocionalmente, aquela criança ou as pessoas das Nações Unidas?'”

Coogler continuou, dizendo o porquê de ter deixado a cena para o meio dos créditos.

“Como criança, enquanto cresce, quando você vê alguém que parece ser uma versão mais velha sua fazendo algo incrível é como ‘o que está acontecendo?’ É isso o que significa aquele momento… nós fomos com a versão de emoções menos destiladas e a cena das Nações Unidas faz sentido como para onde Wakanda pode ir no futuro desse universo.”

Pantera Negra já está em exibição nos cinemas brasileiros. Acessem, aqui, a nossa crítica do filme.