em ,

PC Siqueira publica novo vídeo comentando acusações de pedofilia

O Youtuber PC Siqueira, que está sendo investigado pela polícia civil depois de ser acusado de pedofilia desde o último mês de junho, retornou ao YouTube, publicando novos vídeos, o mais novo a respeito da sua situação com a Justiça.

Relembrando o caso, as acusações surgiram logo após o perfil no Twitter chamado ExposedEmo1 ter publicado um vídeo mostrando uma suposta conversa em que no Instagram em que PC fazia uma referência a uma criança de seis anos com contexto sexual.

O novo comunicado do youtuber foi divulgado nesta quinta-feira (26) e não faz citação direta as acusações de pedofilia, mas fala que irá “esclarecer algumas coisas que, nos últimos meses, foram objeto de muita especulação, achismo e boatos por todos os lados”.

PC Siqueira ainda fala que ficou “calado até agora” justamente por “orientação de seus advogados” e ainda comentou as acusações que foram feitas contra ele como “injustas e mentirosas” e que elas lhe causaram “gravíssimos danos à minha saúde física e mental”.

“Essa orientação, evidentemente, visou tão somente colaborar com os trabalhos da Justiça no esclarecimento total dos fatos, da melhor maneira possível e sem nenhuma espécie de interferência, já que nunca fiz nada de incorreto e isso já está sendo provado perante as autoridades”, continua o vídeo que traz um longo texto do youtuber.

PC ainda faz referências a “ameaças de morte e agressões” que teria recebido no período. “Muito em breve, tudo será esclarecido e eu poderei me comunicar de forma mais livre. Eu não estou fingindo que nada está acontecendo e ninguém está ‘me passando pano'”, segue o comunicado.

“Infelizmente, tendo em vista que a apuração dessas acusações das quais fui vítima está em curso pelos órgãos públicos competentes e nelas foi determinado, pelas autoridades incumbidas, o sigilo de Justiça, estou legalmente impossibilitado de falar sobre qualquer aspecto disso com qualquer pessoa que seja, como sempre estive desde o começo”, fala.

PC uma vez mais fala sobre sua inocência: “eu, Paulo Cezar, jamais cometi ou cometeria nenhum crime como os que falsamente me imputaram”.

“Confio integralmente no trabalho do Poder Judiciário e da Polícia Civil do Estado de São Paulo e que estou, como sempre estive, à inteira disposição dos órgãos competentes”, finalizou.

Confira na íntegra abaixo o comunicado de PC Siqueira divulgado a respeito das acusações de pedofilia.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Gabriel Danius

Jornalista e cinéfilo de carteirinha amo nas horas vagas ler, jogar e assistir a jogos de futebol. Amo filmes que acrescentem algo de relevante e tragam uma mensagem interessante.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Escola SAGA inaugura espaço de entretenimento em shopping da zona leste de São Paulo

Análise | Marvel’s Spider-Man: Miles Morales – Uma comemoração ao PS4 e um brinde ao PS5