em ,

Richard Linklater fala sobre sexismo na indústria cinematográfica

Como o fundador da Austin Film Society e um grande desafiador do cenário de filmes robustos, Richard Linklater pode ter muito crédito por colocar uma comunidade cinematográfica única no mapa.

Depois de ser surpreendido com diversas histórias sobre assédios sexuais e conhecidos tendo más condutas, Linklater não sabia o que dizer , Ao mesmo tempo, tinha muito a oferecer sobre o sexismo endêmico da indústria cinematográfica. 

“É uma falha de design com essa grande estrutura “, afirmou. “Eu entendo dessa forma: existe uma confiança do homem branco em determinadas áreas. Isso é uma conversa sobre algo maior. é sobre a base da supremacia branca.As pessoas podem negar tudo o que querem, mas está lá na estrutura do nosso país, e sempre esteve lá, então eu acho que só precisa ser desafiado em todos os níveis e em todas as decisões “. No entanto, ele reconheceu um “nível de conforto feito pelos pagamentos criados pelo sistema masculino branco que é difícil de deslocar”.

Os próprios filmes de Linklater nem sempre são vistos como exemplos brilhantes, embora ele traga mais nuance para suas histórias dominadas por homens do que muitos diretores. Desde Jovens, Loucos e Rebeldes seus filmes têm sido em grande parte sobre homens e masculinidade, mas também exploram suas falhas. Last Flag Flying não é exceção.

“Eu realmente não posso dizer que pensei muito nisso para essa história”, disse Linklater, sendo que ele tinha um elenco diversificado. Dito isso, ele apontou rapidamente que muitos de seus filmes recentes equilibram seus personagens masculinos com fortes protagonistas femininas, incluindo seu próximo projeto.

Linklater também notou o volume de mulheres influentes em toda a comunidade cinematográfica, incluindo a sua própria Austin Film Society. “Eu sempre me rodeei de mulheres fortes”, disse. “Cresci com minha mãe e minhas irmãs; a sociedade do cinema é muito feminina. Há muitas mulheres na indústria, nas fileiras de produção e executivos. Se você pensa nos melhores empregos, os orçamentos maiores, ainda é uma espécie de arena masculina. Mas tudo, indie e TV é muito diversificado, então eu acho que a diversidade está mudando lentamente. Está lá.”

Então, o que está mantendo esses homens no comando? Linklater atribuiu isso a uma confiança de longa data em vez de colaboração. “Nós tendemos a pensar, ‘Nós temos um chefe de estúdio muito bom, todos gostam, e aqui está um idiota que todos não gostam, mas, com toda pressa, ele está confiante em suas decisões. Ele é um maldito sociopata, mas está confiante. “

Isso o levou à algo maior. “Olhe quem somos como presidente”, comentou. “É uma loucura, mas nós nos dirigimos para a visão privilegiada e confiante do que a comunidade, e é aí que você encontra espectadores mais femininos e minoritários, porque eles tiveram que construir coalizões. É apenas uma mentalidade diferente. Ainda valorizamos o líder forte e confiante quando o que realmente precisamos é um líder menos confiante que quer construir algo para todos os cidadãos”.

Last Flag Flying estreia 3 de novembro.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Julia Ferreira

Esperando o Senpai me notar. Jornalista, aspirante a cosplayer, atleta e nas horas vagas fotógrafa.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Manifesto | Filme com Cate Blanchett tem Trailer divulgado

Stephen King | Salem e Dança da Morte vão ganhar adaptações