O cantor Samuel Rosa anunciou que a banda Skank chegou ao fim. Em entrevista concedida à Mônica Bergamo na Folha de São Paulo, o músico contou que não há “previsão de volta” para a banda.

“Chegou a hora de cada um olhar para si. É hora de experimentarmos, ainda que demos com os burros n’água. Quero me testar fora do Skank, me ver em um círculo de músicos fora do que sempre transitamos. Há muito ainda a descobrir”, disse o vocalista.

Ainda segundo os músicos que integram o Skank, a motivação para o fim da banda não foi nenhuma briga, mas sim a vontade de realizar algo diferente.

“Não acreditamos que é preciso estar em baixa para dar uma parada, não precisa ser trágico nem problemático”, disse o baixista Leo Zaneti.

Em 2020 o

anos da banda. Provavelmente o grupo irá terminar ao fim da turnê.

O Skank marcou uma era e é considerada uma das grandes bandas do país, com sucessos como “Uma Partida de Futebol”, “Resposta”, “Pacato Cidadão e é “Proíbido Fumar”.