em ,

Spike Lee se desculpa depois de declaração polêmica a respeito de Woody Allen

Spike Lee se desculpou depois da polêmica declaração feita a respeito do diretor Woody Allen, acusado de violência sexual (Com informação da Billboard). Em entrevista concedida à rádio WOR, Spike Lee disse que Allen é um grande diretor e falou que não é possível apagá-lo como se nunca tivesse existido, e também afirmou que o cineasta é seu amigo e que sabe o que “ele está passando”. Depois de sua fala e da repercussão negativa que ela tomou, Lee foi até a sua conta no Twitter para pedir desculpas pelas declarações feitas.

“Peço desculpas profundamente. Minhas palavras foram ERRADAS. Eu não tolero e nunca vou tolerar assédio ou violência sexual. Tal tratamento causa estragos reais que não podem ser minimizados. – Sinceramente, Spike Lee”

Recentemente voltou à tona o escândalo envolvendo Woody Allen, no ano de 2018, quando Dylan Farrow, sua filha adotiva o questionou pelo fato da indústria de Hollywood ainda continuar dando apoio a ele, mesmo com o diretor tendo acusações de longa data contra ele de que teria abusado sexualmente dela na infância.

Destacamento Blood, o filme mais recente de Spike Lee, já está disponível na Netflix.

O que você achou desta publicação?

Publicado por Gabriel Danius

Jornalista e cinéfilo de carteirinha amo nas horas vagas ler, jogar e assistir a jogos de futebol. Amo filmes que acrescentem algo de relevante e tragam uma mensagem interessante.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

O Homem Invisível retorna ao topo da bilheteria 16 semanas após estreia

Coringa vai chegar à HBO e HBO Go mês que vem