A necessidade de armazenamento e espaço são constantes na vida contemporânea. A demanda e oferta avassaladoras de informações sempre exigem um modo de armazenamento prático e fácil. O principal problema do espaço interno desses dispositivos já ficou restrito ao nosso passado.

Pen drives, Hds externos e a nuvem oferecem as soluções que estão sempre à mão. Claro, ao pagarmos o custo necessário. Há uma grande revolução nos sistemas de armazenamento acontecendo a olhos vistos. Temos pen drives com capacidades astronômicas de 2tb ou cartões micro SD que chegam próximo desse valor.

Pensando em oferecer um produto ponta de linha para o mercado brasileiro, a Western Digital, ou simplesmente WD, trouxe ao país o HD externo de sucesso mundial: o Passport.

O nome já diz praticamente tudo. A companhia visa fazer que o consumidor veja o HD como um documento vital e estritamente pessoal para cada cliente. A unidade que revisamos possui 4 TB de capacidade de armazenamento contando com 3725 de espaço real para o usuário – algo ainda espetacular.

Design para todos os gostos

A primeira coisa a notar na embalagem vibrante do HD externo, certamente é a escolha nada ortodoxa das cores do aparelho. A WD lançou a linha Passport com 6 opções de cores diferentes. Temos opções em azul, vermelho, laranja, amarelo e preto e branco para os consumidores mais tradicionais. Cada um dos HDs coloridos vem acompanhado de um cabo USB 3.0 da cor correspondente. Um detalhe pequeno, mas que faz a diferença para a estética do produto.

Além da saturação da cor saltar aos olhos, há uma lógica para quem for um consumidor muito necessitado de HDs externos. Com essas opções, é possível organizar seus arquivos pela cor como dedicar um HD para armazenar somente vídeos, outro para músicas e um terceiro para textos e imagens – assim por diante. Belo, agradável e funcional.

Em termos de dimensões, o aparelho é bastante compacto. Praticamente do mesmo tamanho de tantos HDs externos da Samsung que você já deve ter visto em todos os lugares. É somente um pouco mais pesado e mais alto.

É importante ressaltar que, apesar do acabamento robusto, o aparelho não conta com nenhuma proteção extra contra avarias climáticas ou de quedas diversas. Então é preciso tomar cuidado para não danificar seu HD.

Desempenho e adicionais

É difícil não se surpreender com o rendimento ímpar deste HD externo. A velocidade de gravação do dispositivo oscila entre 100 a 112 MB/s com todo o computador dedicado apenas para a transferência de arquivos. A velocidade de leitura também é ótima atingindo 118 MB/s. A transferência de arquivos de 1Gb mal atinge 20 segundos durante o processo. É realmente excepcional.

Com opções de SSDs externos, é evidente que o My Passport não é opção mais rápida do mercado. Mesmo entre os HDs, alguns da Seagate conseguem superar, não por longa margem, os resultados do produto da WD. Todavia, ainda é uma das opções mais rápidas e fáceis do mercado.

Geralmente, não há muito segredo com HDs externos. É só plugar e usar. Os adicionais de software da WD também são fáceis de operar. Primeiro é preciso instalar o executável que já se encontra nos arquivos de fábrica do HD.

Nele, é possível rodar diagnósticos sobre a saúde e integridade interna do dispositivo, já indicando futuros problemas e até mesmo prevenindo diversas mazelas que podem surgir para o aparelho. Outra boa funcionalidade é o backup programado organizado pelo software. Podemos tanto fazer o backup no disco rígido do computador ou para a nuvem via dropbox, exclusivamente. É possível fazer backups de hora em hora, dia ou em semanas na rede de programação que o programa oferece.

Além disso, também contamos com a proteção por senha já disponível em uma infinidade de aparelhos.

Tudo se resume a espaço

O HD externo da WD certamente é uma dica excelente para quem está ávido a procura de um aparelho rápido e com espaço interno massivo – há opções de 1, 2 e 3 Tb no mercado. O custo brasil certamente é um ponto a ser notado, mas aqui, custo vale a pena. O aparelho vem de fábrica já formatado para compatibilidade Windows 7, 8 e 10. Para usar no seu Mac, é preciso reformatar para o formato específico.

No mais, com os adicionais, a estética agradável e de boa função principal, o My Passport é uma das melhores opções do mercado para HDs externos USB 3.0. Dificilmente o produto não atenderá suas expectativas.

Prós: software convidativo com sistema de backup automático, proteção por senha de alta criptografia, excelente espaço interno e velocidade de gravação/leitura, design fora do convencional.

Contras: poucas opções de backup na nuvem.

Agradecemos a WD por ceder uma cópia do produto para a análise.