em ,

Terry Crews é cancelado no Twitter ao pedir união entre negros e brancos

Um dos astros da série Brooklyn Nine-Nine e conhecido por ter feito Todo Mundo Odeia o Chris, Terry Crews, recentemente se viu no meio de uma discussão devido a um tweet no qual pediu a união entre brancos e negros.

No post realizado em sua conta do Twitter, Crews falou que para vencer a supremacia branca é necessário fazer isso com pessoas brancas, caso contrário é criada uma supremacia negra.

Seu post dizia: “Derrotar a supremacia branca sem os brancos cria a supremacia negra. Igualdade é a verdade.”

“Goste ou não, estamos todos juntos nisso”, finalizou o ator.

O autor Kevin Powel logo respondeu ao tweet o criticando: “Isso não faz absolutamente nenhum sentido, faz toda suposição de ódio dos negros de que os negros realmente tentariam prejudicar os brancos de várias maneiras, quando não há provas. na história de tal comportamento, mesmo remotamente próximo do comportamento da supremacia branca.”

“Por favor, leia livros, senhor”, ainda concluiu.

“Não é isso que estou dizendo Kevin. Em absoluto”, Crews respondeu.

Powell respondeu ao ator: “Terry, com todo o respeito, dada a sua plataforma, você não pode simplesmente postar algo assim, mesmo remotamente, sugerindo que os negros cairiam na “supremacia negra” se combatermos a supremacia branca sem os brancos”.

“Kevin, eu aprendi que as pessoas vão pegar qualquer coisa que você diz e torcer para o próprio mal. Qualquer coisa.”, Terry respondeu.

Nesse tempo Crews iria responder a outros tweets de outras pessoas que deturparam o seu post original.

Ao responder Tyler James Williams, que interpretou o Chris no seriado Todo Mundo Odeia o Chris, Terry comentou: “Eu entendo, Tyler. Eu não estava dizendo que a supremacia negra existe, porque não existe. Estou dizendo que, se negros e brancos não continuarem trabalhando juntos, más atitudes e ressentimentos podem criar uma perigosa justiça própria. Isso é tudo.”

Já ao responder a Godfrey, o ator disse: “Eu concordo. Não estou discutindo pessoas brancas aqui. existem “guardiões da escuridão” em nossa própria comunidade que decidem quem é negro e quem não é. Muitas vezes fui chamado por não ser “suficientemente negro”. Como pode ser?”

Orlando Jones, de Deuses Americanos, escreveu a Crews: “Supremacia negra? Representamos 13% da população dos EUA, não detemos poder institucional e incentivamos nossos colegas de trabalho. Temos 99 problemas e sua matemática não é a única”

Recentemente Crews voltou ao assunto: “Por favor, saiba que tudo o que eu disse provém de um espírito de amor e reconciliação, para a comunidade negra primeiro, depois para o mundo como um todo, na esperança de ver um futuro melhor para os negros”

E em um post seguinte concluiu: “Eu acredito que é importante não sofrermos com o pensamento do grupo, e mantemos nossas mentes próprias, e podemos fazer perguntas difíceis uns aos outros. Eu acredito que esse diálogo é importante quando passamos por esse trauma juntos. Eu te amo.”

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Gabriel Danius

Jornalista e cinéfilo de carteirinha amo nas horas vagas ler, jogar e assistir a jogos de futebol. Amo filmes que acrescentem algo de relevante e tragam uma mensagem interessante.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Morre Denny O’Neil, roteirista das revistas do Batman, aos 81 anos

Shaman King receberá nova adaptação em anime para 2021