em ,

Universal Pictures lançará filmes digitalmente dias depois de estreia no cinema

A Universal é o primeiro estúdio que planeja alterar sua postura em relação a lançamentos nos cinemas depois do resultado desastroso de 2020 por conta da pandemia de coronavírus.

Há uns meses, a Universal havia declarado que todos os seus filmes estreariam simultaneamente nos cinemas e também em plataformas digitais on demand. Após a reação forte da AMC, rede de cinemas que domina os EUA, a distribuidora voltou atrás, mas parece que ambas as partes chegaram a um acordo.

Os lançamentos chegarão partir de 17 dias após entrarem em cartaz para os serviços de streaming on demand (via THR). O acordo põe fim à janela de lançamento em home video, política que impunha um limite mínimo de três meses entre os lançamentos nos cinemas e em DVD ou blu-ray.

A AMC deve ficar com cerca de 10% dos lucros das vendas on demand de longas da Universal. Por enquanto, o contrato vale apenas para o território norte-americano, embora as empresas já estejam acertando detalhes para exibição na Europa e Ásia.

Não se sabe se a política do estúdio também valerá para o Brasil.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Andre Braugher, o Capitão Holt de Brooklyn Nine-Nine, recebe indicação ao Emmy 2020

Charlie Brown Jr. é confirmado na trilha sonora de Tony Hawk’s Pro Skater 1+2