em ,

Universal recua e afirma que cinemas são prioridade

Não demorou nada para a Universal recuar de sua decisão de lançar novos filmes ao mesmo tempo nos cinemas e em home video. A última declaração do CEO Jeff Shell repercutiu mal nas principais redes exibidoras dos EUA com diversas delas anunciando boicote aos filmes do estúdio.

Por conta disso, a Universal repensou a decisão e agora afirma que os cinemas são sim prioridade.

Em uma apresentação aos investidores da empresa, Shell explicou que o plano da Universal é unir as duas maneiras de se lançar um filme.

“A pergunta é: quando sairmos disso [da pandemia], qual será o modelo? Eu espero que os consumidores voltem para os cinemas e seremos parte disso. Também espero que plataformas de VOD sejam uma parte do negócio, de certa forma. Não é uma substituição, será um elemento complementar. Nós temos que ver quanto tempo vai demorar e onde isso nos levará”, contou.

“É irreal assumir que não vamos mudar, que essa parte do negócio não vai mudar como todas as outras mudarão”, complementa, ao dizer que cada vez mais pessoas preferem consumir entretenimento em casa.

Novos capítulos dessa novela devem sair em breve.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Assassin’s Creed Valhalla não será tão mitológico quanto God of War

Sony já identificou os responsáveis pelo vazamento de The Last of Us 2