em ,

Irmã de Brandon Lee comenta morte com arma disparada por Alec Baldwin em set

Hollywood está em luto após o acidente fatal que tirou a vida da cinematografista Halyna Hutchins e feriu o diretor Joel Souza no set de Rust após Alec Baldwin disparar uma arma que estava municiada com balas verdadeiras.

O acidente possui semelhanças com o mesmo que ceifou a vida do ator Brandon Lee no set de O Corvo em 31 de março de 1993, aos 28 anos de idade. Na ocasião, a equipe de filmagens não percebeu que havia uma bala de verdade presa no tambor da arma cenográfica disparada pelo ator Michael Massee contra o personagem de Lee.

Agora, a irmão de Lee, Shannon Lee, se pronunciou através do perfil oficial do ator em redes sociais.

“Os nossos corações estão com as famílias de Halyna e Joel, e com todos os envolvidos no incidente de Rust. Ninguém deveria ser morto por uma arma em um set de filmagens. Ponto final“, escreveu ela.

Segundo as autoridades, o caso do set de Rust permanece sob “investigação aberta”, mas ninguém foi preso e nenhuma queixa foi registrada.

O que você achou desta publicação?

Publicado por Redação Bastidores

Perfil oficial da redação do site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Alec Baldwin se pronuncia sobre tiro acidental que matou cinematografista

Diretor recebe alta após acidente com arma disparada por Alec Baldwin