Praticamente todos os filmes de Star Wars narraram as aventuras da família Skywalker, mas Obi-Wan Kenobi permaneceu como uma figura importante ao longo de toda essa história, sendo de vital importância para os membros principais dessa problemática família. Ele acompanhou de perto vários dos acontecimentos importantes que aconteceram na saga e ainda ajudou a salvar a galáxia mesmo após ter sido morto por seu antigo aprendiz.

» Siga o Bastidores no Facebook , Instagram e no Twitter para saber todas as notícias sobre cinema «

Com isso, decidimos listar cinco coisas que o Obi-Wan fez antes de Star Wars: Episódio I, ou seja, na época que ele era apenas um Padawan, confira.

ELE PROTEGEU UMA DUQUESA MANDALORE

Os cavaleiros Jedi são frequentemente enviados em tarefas que podem durar vários anos ou mais. Uma das tarefas anteriores de Obi-Wan Kenobi durante seu treinamento envolveu a proteção de uma duquesa contra assassinos, que durou quase um ano. A duquesa Satine Kryze queria trazer uma nova era de paz para Mandalore, mas resultou em sua oposição tentando se livrar dela em uma situação que se transformou em uma guerra civil. Qui-Gon Jinn e Obi-Wan Kenobi então tiveram que escoltar a Duquesa Satine de Mandalore e fugiram com ela. Foi durante esse tempo que Obi-Wan e Satine desenvolveram sentimentos um pelo outro, mas seu romance nunca poderia seguir em frente devido às suas respectivas carreiras.

ELE ESCOLTOU UMA CRIANÇA SENSITIVA PARA CORUSCANT

O mestre Yoda havia sido enviado para escoltar um menino sensível à Força para Coruscant, mas a criança estava sendo mantida como prisioneira por piratas. Então, Yoda usou a Força para fazer os piratas atacarem uns aos outros, deixando-os inconscientes, antes de entregar a guarda do garoto para Qui-Gon e Obi-Wan e dizendo-lhes para terminar sua missão por ele.

ELE TINHA VISÕES COM O TIO DE LUKE SKYWALKER

Durante um tempo, Obi-Wan estava convencido de que ele tinha um irmão chamado Owen e que os dois eram bem próximos durante a infância. Tanto que Obi-Wan pensava nele muitas vezes durante seu treinamento. Foi muito tempo depois que Obi-Wan percebeu que suas memórias de Owen eram na verdade visões dadas a ele pela Força que deveriam guiá-lo em direção a Owen Lars e eventualmente lhe dar a custódia do jovem Luke Skywalker.

ELE SE APAIXONOU POR UMA PADAWAN

Todos os Cavaleiros Jedi devem seguir o Código Jedi, que tem várias regras sobre a conduta de todos aqueles que treinam com a força. Uma das regras que os Jedi nunca devem se apaixonar, pois eles são proibidos de formar laços individuais que possam afetar suas emoções ou devoção à Força. E Obi-Wan Kenobi foi treinado ao lado de uma garota chamada Siri Tachi, e ambos se tornaram Cavaleiros Jedi. Os dois compartilharam seus sentimentos um pelo outro depois de uma missão, mas perceberam que sua devoção ao Código Jedi significava que eles nunca poderiam ser mais que amigos.

ELE LUTOU COM UM PADAWAN QUE FOI PARA AS TREVAS

Obi-Wan Kenobi tinha um rival na forma de um colega chamado Bruck Chun, que resultou em ambos se machucando em um duelo que deveria atrair a atenção de Qui-Gon Jinn. Qui-Gon depois disso acabaria por tomar Obi-Wan como seu aprendiz, e Bruck Chun acabou caindo sobre a influência do lado negro da força. Obi-Wan e Bruck Chun tiveram um duelo final na Sala das Mil Fontes dentro do Templo Jedi em Coruscant, que terminou em Chun sendo derrotado e morto.

Comente!