em ,

“Cuties é contra a sexualização de crianças”, diz Netflix sobre filme extremamente polêmico

Após o lançamento de Lindinhas, a Netflix encara talvez a sua maior polêmica internacional até agora. O filme conquistou a marca de 1 milhão de descurtidas no YouTube e agora segue retaliado em diversas redes sociais obrigando a plataforma a se posicionar na polêmica.

A obra é acusada de sexualizar garotas ainda crianças entrando na fase pré-adolescente ao trazer a narrativa de um grupo de amigas que lutam para conseguir vitórias em um torneio de dança.

À Variety, um porta-voz da empresa pediu que o público assistisse o filme antes de julgá-lo, reforçando a fala da diretora Maïmouna Doucouré de que é justamente contra a exposição sexual infantil:

“Cuties é um comentário social contra a sexualização de jovens crianças. É um filme premiado e uma história poderosa sobre a pressão que jovens garotas sofrem das mídias sociais e da sociedade, geralmente, em seu crescimento”, diz.

O representante concluiu: “Eu encorajaria qualquer um que se importa com estes temas a assistir o filme”.

Na internet, rapidamente diversos espectadores se posicionaram apontando como “hipócrita” o argumento de defesa ao citar cenas de twerk e enquadramentos indecentes que as garotas protagonistas aparecem no longa.

O filme está disponível na Netflix.

O que você achou desta publicação?

Avatar

Publicado por Matheus Fragata

Editor-geral do Bastidores, formado em Cinema seguindo o sonho de me tornar Diretor de Fotografia. Sou apaixonado por filmes desde que nasci, além de ser fã inveterado do cinema silencioso e do grande mestre Hitchcock. Acredito no cinema contemporâneo, tenho fé em remakes e reboots, aposto em David Fincher e me divirto com as bobagens hollywoodianas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Loading…

0

Comente!

Mulher-Maravilha 1984 é adiado para dezembro

Tom Holland fala sobre as gravações do filme live-action de ‘Uncharted’